ESTUDO DA ADSORÇÃO DE CHUMBO UTILIZANDO COMO ADSORVENTE BAGAÇO DE CANA DE AÇÚCAR ATIVADO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2018.7544

Palavras-chave:

adsorção, bagaço de cana de açúcar, chumbo, modelo de Langmuir

Resumo

Neste estudo, avaliou-se a capacidade do bagaço de cana de açúcar, modificado quimicamente, para a retenção de íons metálicos de chumbo. A modificação refere-se a um tratamento com ácido sulfúrico (1,0 molL-1) que leva à reação de grupos carboxilato com a celulose da biomassa. As soluções sintéticas de efluente foram preparadas a partir do nitrato de chumbo (Pb(NO3)2), obtendo concentrações de 2 a 80 mgL-1 do metal. Os ensaios de adsorção foram desenvolvidos pelo método do banho finito. Estes experimentos foram realizados nas temperaturas de 30, 45 e 60 0C com tempo de equilíbrio de 24 horas. A solução remanescente foi analisada por técnica de espectrofotometria para determinação da concentração do metal. Os resultados experimentais mostraram a maior capacidade de adsorção foi alcançada para a temperatura de 30 0C, sendo de aproximadamente 4,8 mg de metal adsorvido por grama de adsorvente. O modelo de Langmuir foi o que que melhor descreveu o processo de adsorção, sendo o de Freundlich não significativo estatisticamente. Da analises dos parâmetros termodinâmicos foi possível constatar o caráter exotérmico do processo estudado,

o que condiz com os melhores resultados obtidos para a adsorção do chumbo que foram apresentados para a menor temperatura estudada (30 0C). O sistema também indicou ser um processo espontâneo, através dos valores negativos obtidos para a energia libre de Gibbs e ser configurado como uma adsorção física dado o valor obtido para a entalpia do processo, aproximadamente -7,55 KJ/Kmol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

José Eduardo De Matos Paz, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Formado em Engenharia Química pela universidade de Federal da Paraíba, é mestrando do programa de Pós-graduação em Engenharia Química  PPGEQ/DEQ/UFPB. Está desenvolvendo sua dissertação na área de produção de álcool anidro. Atualmente é contratado como Engenheiro químico na Usina Central Olho D`água.

Alfredo Ismael Curbelo Garnica, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Formado em Engenharia Química pela universidade de Marta Abreu/VC/Cuba, fez mestrado e doutorado em Engenharia Química no PPGEQ/DEQ/UFRN. Atualmente é Professor associado III do Departamento de Engenharia Química/DEQ/UFPB y trabalha em pesquisas na área de petróleo com ênfase em fluidos de perfuração, colchões lavadores, lubrificantes e tratamento de efluentes de esta indústria. Também trabalha no projeto de equipamentos visando principalmente as operações de  destilação, absorção, adsorção e extração líquido-líquido. Possui artigos e patentes depositadas nas áreas de atuação mencionadas anteriormente.

Fabíola Dias da Silva Curbelo, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Formada em Engenharia Química pela universidade de Federal do Rio Grande do Norte, fez mestrado e doutorado em Engenharia Química no PPGEQ/DEQ/UFRN. Atualmente é Professora associado I do Departamento de Engenharia Química/DEQ/UFPB y trabalha em pesquisas na área de petróleo com ênfase em fluidos de perfuração, colchões lavadores, lubrificantes e tratamento de efluentes de esta indústria. Também trabalha no projeto de equipamentos visando principalmente as operações de destilação, absorção, adsorção e extração líquido-líquido. Possui artigos e patentes depositadas nas áreas de atuação mencionadas anteriormente.

Referências

Araújo, W., & Sobrinho, N. A. (2000). Influência das propriedades físicas e químicas de solos intemperizados na adsorção de chumbo, cobre e zinco. Floresta e Ambiente, 7(1), 167–180.

Assis, P. A. (2012). Adsorção de metais pesados em solução aquosa e drenagem ácida de mina utilizando bagaço de cana-de-açúcar modificado quimicamente. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Ambiental, Ouro Preto, MG, UFOP.

Bai, S. & Abraham, T. E. (2001). Biosorpiton of Cr (VI) from aqueous solution by Rhizopus nigricans. Bioresource Technology, v. 79, n. 1, p. 73-81,.

Bhatnagar, A., Hogland, W., Marques, M., & Sillanpää, M. (2013). An overview of the modification methods of activated carbon for its water treatment applications. Chemical Engineering Journal, 219, 499–511. https://doi.org/10.1016/j.cej.2012.12.038

CONAB (2018). Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento de safra brasileira: cana-de-açúcar, levantamento em abril de 2018.

CONAMA. (2008). Resolução n 397, 3 de abril de 2008.

Curbelo, F. D. da S. (2002). Estudo da remoção de óleo em águas produzidas na indústria de petróleo, por adsorção em coluna utilizando a vermiculita expandida e hidrofobizada. Dissertação de mestrado. Pós-graduação em Engemharia Química-PPGEQ- UFRN.

Dallago, R. M. & Smaniotto (2005). A. Resíduos sólidos de curtumes como adsorventes para a remoção de corantes em meio aquoso. Química Nova. Vol. 28, n 3, 433–437.

Erdem, E., Karapinar, N., & Donat, R. (2004). The removal of heavy metal cations by natural zeolites. Journal of Colloid and Interface Science, 280(2), 309–314. https://doi.org/10.1016/j.jcis.2004.08.028

Gupta, V. & Ali, I. (2004). Removal of lead and chromium from wastewater using bagasse fly ash – a sugar industry waste. Journal of Colloid and Interface Science, p. 321-328, 2004. https://doi.org/ 10.1016/j.jcis.2003.11.007:

Gurgel, L., Freitas, R. P. & Gil, L. F. (2008). Adsorption of Cu (II), Cd (II), and Pb (II) from aqueous single metal solutions by sugarcane bagasse and mercerized sugarcane gabasse chemically modified with succinic anhydride. Carbohydrate Polymers, p. 922-929, 2008. http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5034

Gusmão, K. A. G. (2011). Estudo de adsorção em solução aquosa de dois corantes catiônicos e uma eteramina usando bagaço de cana modificado quimicamente. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Ambiental-PROAMB, Ouro Preto/MG, UFOP.

Karnitz, O., Gurgel, L. V. A., Melo, J. C. P., Botaro, V. R., Melo, T. M. S. & Gil, R. P. F. (2007) Adsorptionof heavy metal ion from aqueous single metal solution by chemically modified sugarcane bagasse. Bioresource Technology, p. 1291-1297, 2007. https://doi.org/ 10.1016/j.biortech.2006.05.013.

Langmuir, I. (1918). The Adsorption of Gases on Plane Surfaces of Glass, Mica and Platinum. Journal of the American Chemical Society, 40 (1914), 1361–1403. https://doi.org/doi: 10.1021/ja02242a004

LeVan, M. D., Carta, G., & Yon, C. M. (2007). Section 16: Adsorption and Ion Exchange. Perry’s Chemical Engineers’ Handbook 8/E (8a). McGraw-Hill. https://doi.org/10.1036/0071511393

Manahan, S. E. (2001) Fundamentals of environmetal chemistry, 2ªEd., CRC Press LLC, Boca Raton, 1024p.

Marshall, W. E., Wartelle, L. H., Boler, D. E. & Toles, C. A. (1999). Enhanced metal adsorption by soybean hulls modified with citric acid. Bioresource Technology, v. 69, p. 263-268.

Moreira, F. R. & Moreira, J. C. (2004). Os efeitos do chumbo sobre o organismo humano e seu significado para a saúde. Revista Panamericana Salud Publica, 15(2) pág 119–129.

Moreira, S. A. (2008). Adsorção de íons metálicos de efluente aquoso usando bagaço do pendúculo de caju: Estudo de batelada e coluna de leito fixo. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Civil, Fortaleza – CE, UFC.

Ofomaja, A. E. (2007). Kinetic study and sorption mechanism of methylene blue and methyl violet onto mansonia (Mansonia altissima) wood sawdust. Chemical Engineering Journal. Vol. 143 (1-3), p. 85–95. DOI 10.1016/j.cej.2007.12.019

Pereira, F. V. (2008). Remoção de íons zinco (II) de efluentes derivados de processos de galvanoplastia utilizando rejeitos de fibras vegetais modificadas quimicamente. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Ambiental, PROAGUA, Ouro Preto/MG, UFOP.

Ruthven, D. (1984). Principles of adsorption and adsorption processes. Chemical Engineering and Processing: Process Intensification (Vol. 19). https://doi.org/10.1016/0255-2701(85)80013-1

Schneider, L. E. (2008). Adsorção de compostos fenólicos sobre carvão ativado. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Química, Toledo/PR, UNIOESTE.

Silva, V. L. M. M., Gomes, W. C. & Alsina, O. L. S. (2007). Utilização do bagaço de cana de açúcar como biomassa adsorvente na adsorção de poluentes orgânicos. Revista Eletrônica de Materiais e Procesos, vol.1, pág. 27-32.

Vadidelan, V. & Kumar, K. V (2005) Equilibrium, kinetics, mechanism, and process design for the sorption of methylene blue onto rice husk. Journal of colloid and Interface Science, V. 286, p. 90-100. https://doi.org/ 10.1016/j.jcis.2005.01.007.

Vaughan, T., Seo W. C. & Marshall, W. E. (2001). Removal of selected metal ions from aqueous solution using modified corncobs. Bioresource Technology, V. 78, p. 133-139.

Vicente, I. A. (2011). Adsorción de metales pesados de aguas residuales utilizando bagazo de caña de azúcar como adsorbente. Tese de doutorado. Universidad de la Habana/Habana/Cuba.

Williams, P. L., James, R. C. & Roberts, S. M. (2000). Principles of toxicology: Environmental and industrial applications. 2ªEd., John Wiley & sons, INC, 603p.

Downloads

Publicado

31/12/2018

Como Citar

De Matos Paz, J. E., Curbelo Garnica, A. I., & Curbelo, F. D. da S. (2018). ESTUDO DA ADSORÇÃO DE CHUMBO UTILIZANDO COMO ADSORVENTE BAGAÇO DE CANA DE AÇÚCAR ATIVADO. HOLOS, 8, 3–18. https://doi.org/10.15628/holos.2018.7544

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)