Compatibilização entre o planejamento e o controle no processo de execução de obras de edificações verticais: um estudo multicaso na cidade de João Pessoa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2018.6901

Palavras-chave:

Construção civil, planejamento, controle, compatibilização

Resumo

Os desafios, peculiaridades e especificidades dos empreendimentos da construção civil tornam os modelos de gestão atuais insuficientes para garantir, de forma satisfatória, o alcance dos objetivos propostos. Características como a dificuldade de elaboração de um planejamento específico e um controle de custos, a existência de um grande número de interdependências entre os projetos que compõem o empreendimento, a necessidade de velocidade significativa de respostas para a tomada de decisões e o grande número de intervenientes, contribuem de forma significativa para que o cenário da construção civil seja desafiador para qualquer metodologia de gestão. Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa, realizada em empresas construtoras de edificações verticais da cidade de João Pessoa-PB, que tinha como objetivos investigar se as empresas construtoras realizam o planejamento e o controle de custos dos seus empreendimentos, se há compatibilidade entre eles e se utilizam a compatibilização como subsídio na tomada de decisões.  Ao todo foram pesquisadas 10 empresas construtoras, todas cadastradas junto ao Sinduscon-JP. Os resultados apontam que todas as empresas realizam o planejamento e o controle de custos dos seus empreendimentos, no entanto, não há compatibilidade entre eles e, consequentemente, não podem ser utilizados na tomada de decisões pelos seus gestores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nelma Mirian Chagas de Araújo, Instituto Federal da Paraíba

Graduada em Engenharia Civil com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção. Áreas de atuação: Engenharia Civil e Engenharia de Segurança do Trabalho. Linhas de Pesquisa: Planejamento e Controle de Obras; Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil; Segurança e Saúde no Trabalho; Gerenciamento de Canteiros de Obras.

Referências

Ávila, A. V. (2001). Custos industriais. Palhoça: UNISUL (Apostila, Departamento de Engenharia de Produção).

Barros, A. J. S.; Lehfeld, N. A. S. (2007). Fundamentos de metodológica científica. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Limmer, C. V. (1997). Planejamento, orçamentação e controle de projetos e obras. Rio de Janeiro: LTC.

Mattos, A. D. (2010). Planejamento e controle de obras. São Paulo: Pini.

Meira. A. R.; Araújo, N. M. C. (2016). Qualidade na construção civil. João Pessoa: IFPB.

Polito, G. (2015). Gerenciamento de obras: boas práticas para a melhoria da qualidade e da produtividade. São Paulo: Pini.

Silva, R. N. S.; Lins, L. S. (2013). Gestão de custos: contabilidade, controle e análise. 2. ed. São Paulo: Atlas.

Tisaka, M. (2006). Orçamento na construção civil: consultoria, projeto e execução. São Paulo: Pini.

Vergara, S. C. (2009). Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 11. ed. São Paulo: Atlas.

Downloads

Publicado

31/12/2018

Como Citar

Araújo, N. M. C. de, Avelino, L. de L., & Araujo, V. da S. (2018). Compatibilização entre o planejamento e o controle no processo de execução de obras de edificações verticais: um estudo multicaso na cidade de João Pessoa. HOLOS, 8, 72–80. https://doi.org/10.15628/holos.2018.6901

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)