MINIMIZAÇÃO DA ATIVIDADE PREG-ROBBING DE MINÉRIOS AURÍFEROS CARBONOSOS COM A UTILIZAÇÃO DE ADITIVOS QUÍMICOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.6380

Palavras-chave:

Ouro, preg-robbing, condicionamento, aditivos químicos

Resumo

O presente trabalho busca simular a atividade preg-robbing da matriz carbonosa de minérios auríferos a partir de carvões minerais de diferentes níveis de maturação (antracito, betuminoso e lignito), a fim de avaliar a aplicabilidade e a funcionalidade de oito aditivos químicos em desativar/passivar a matéria carbonosa responsável por adsorver o ouro solubilizado. Ensaios de adsorção mostraram que, diferentemente do carvão antracito, o carvão betuminoso e o lignito não foram capazes de adsorver cianocomplexos de ouro em nenhuma extensão, sendo o carvão antracito, portanto, o selecionado para ensaios de desativação/passivação. Nesses ensaios, alíquotas de carvão antracito foram condicionadas por 120 min. em soluções contendo o aditivo em concentrações que variam de 10 a 500 mg.L-1. Ao término do condicionamento, adicionou-se solução cianetada contendo 100 mgAu.L-1, de forma a obter uma solução final com 10 mgAu.L-1, mantida sob agitação por 24 h com o carvão. Os resultados indicaram que os condicionantes C1, C2, C3, S1 e Qe suprimiram o poder adsorvente do carvão em extensões que variam de 60% para baixas concentrações (10 mg.L-1) a valores superiores a 80% para altas concentrações (500 mg.L-1). Avaliou-se também o efeito da variação do tempo de condicionamento (5, 30 e 120 min.) na supressão do poder adsorvente do carvão. Para os aditivos C3 e Qe o incremento no tempo de condicionamento de 5 para 120 min. foi acompanhado de um aumento na supressão da adsorção de 10% e 20%, respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rodrigo César Carvalho Santiago, Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN/CNEN)

Graduação em Engenharia Química pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2015), mestrando em Ciência e Tecnologia das Radiações, Minerais e Materiais pelo Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN) da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Realizou estágio na AngloGold Ashanti Córrego do Sítio Mineração S/A, com atividades desenvolvidas na área de projetos, serviços técnicos e engenharia de processo, atividades estas diretamente relacionadas a Engenharia Química e a Engenharia Metalúrgica, com ênfase em Hidrometalurgia e Pirometalurgia.

Ana Claudia Queiroz Ladeira, Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN/CNEN)

Graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1986), mestrado em Engenharia Metalúrgica e de Minas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1990) e doutorado em Engenharia Metalúrgica e de Minas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999). Atualmente é pesquisadora da Comissão Nacional de Energia Nuclear e professora da Pós-Graduação do CDTN (Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear) do curso Ciência e Tecnologia das Radiações, Minerais e Materiais. Desenvolve e coordenada projetos na área de Engenharia Metalúrgica, com ênfase em Hidrometalurgia, atuando principalmente nos seguintes temas: recuperação de metais (urânio, ouro, cobre, arsênio, manganês, háfnio, zircônio, dentre outros) presentes em minérios, efluentes líquidos e resíduos através da aplicação das técnicas hidrometalurgicas como por exemplo: adsorção, troca ionica, lixiviação, precipitação, oxidação. Desenvolve também estudos relacionados a drenagem ácida de mina, especificamente caracterização de sítios impactados e tratamento de efluentes ácidos.

Referências

Abotsi, G. M. K., & Asare, K. O. (1987). Surface Chemistry of Carbonaceous Gold Ores II: Effects of Organic Additives on Gold Adsorption from Cyanide Solution. International Journal of Mineral Processing. 21, 225-239.

Adams, M. D., & Burger, A. M. (1998). Characterization and Blinding of Carbonaceous Preg-Robbers in Gold Ores. Minerals Engineering. 11(10), 919-927.

Afenya, P. M. (1991). Treatment of Carbonaceous Refractory Gold Ores. Minerals Engineering. 4(7-11), 1043-1055.

Dimov, S. S., & Hart, B. (2016). Study on Surfactants for Passivation of Naturally Occuring Carbonaceous Matter in Gold Bearing Ores. XXVIII International Mineral Processing Congress Proceedings. Canadá: Québec City.

Goodall, W. R., Leatham, J. D., & Scales, P. J. (2005). A New Method for Determination of Preg-Robbing in Gol Ores. Minerals Engineering.18, 1135-1141.

Ibrado, A. S., & Fuerstenau, D. W. (1992) Effect of the Structure of Carbon Adsorbents on the Adsorption of Gold Cyanide. Hydrometallurgy. 30, 243-256.

Lu, L., Sahajwalla, V., Kong, C., & Harris, D. (2001). Quantitative X-Ray Diffraction Analysis and its Application to Various Coals. Carbon. 39, 1821-1833.

Marsden, J. O., & House, C. L. (2009). The Chemistry of Gold Extraction (2ª ed.). USA: Society for Mining, Metallurgy and Exploration.

Miller, B. G. Coal Energy Systems. USA: Elsevier Academic Press.

Miller, J. D., Wan, R. –Y., & DÍAZ, X. (2005). Preg-Robbing Gold Ores. In Adams, M. D. (Ed.). Advances in Gold Ore Processing. Australia: B. A. Wills.

Peres, A. E. C., Chaves, A. P., Lins, F. A. F., & Torem, M. L. (2002). Beneficiamento de Minérios de Ouro. In Trindade, R. de B. E., & Filho, O. L. (Ed.). Extração de Ouro – Princípios, Tecnologia e Meio Ambiente. Rio de Janeiro.

Sarpong, G. O., Tien, M., & Asare, K. O. (2010) Mycohydrometallurgy: Coal Model for Potential Reduction of Preg-Robbing Capacity of Carbonaceous Gold Ores Using The Fungus, Phanerochaete Chrysosporium. Hydrometallurgy. 102, 66-72.

Sonibare, O. O., Haeger, T., & Foley, S. F. (2010). Structural Characterization of Nigerian Coals by X-ray diffraction, Raman and FTIR Spectroscopy. Energy. 35, 5347-5353.

Downloads

Publicado

05/12/2017

Como Citar

Carvalho Santiago, R. C., & Queiroz Ladeira, A. C. (2017). MINIMIZAÇÃO DA ATIVIDADE PREG-ROBBING DE MINÉRIOS AURÍFEROS CARBONOSOS COM A UTILIZAÇÃO DE ADITIVOS QUÍMICOS. HOLOS, 6, 100–108. https://doi.org/10.15628/holos.2017.6380

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)