EFEITO DO ESCALPE NO WORK INDEX DE BOND

Autores

  • Kelly Cristina Ferreira UFMG
  • Roberto Galery UFMG
  • Luiz Cláudio Monteiro Montenegro UFMG
  • Antônio Eduardo Clark Peres UFMG

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2015.3703

Palavras-chave:

WI de Bond, Escalpe, Finos

Resumo

O parâmetro mais amplamente utilizado no dimensionamento de moinhos é o WI de Bond. Contudo, dependendo das características físicas do minério nem sempre é possível determina-lo de forma adequada. Alguns minérios, ao serem preparados para o teste padrão de Bond, geram uma quantidade excessiva de finos, obtendo um valor de F80 muito pequeno. Este fato trará uma distorção para os valores encontrados de work index e resultará em uma situação não prevista pela norma para determinação do BWI. Este artigo discute o efeito do escalpe no valor encontrado para o work index e apresenta considerações sobre algumas situações não preditas pela  norma

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Kelly Cristina Ferreira, UFMG

Tecnlogia Mineral

Roberto Galery, UFMG

tecnologia mineral

Luiz Cláudio Monteiro Montenegro, UFMG

Tecnologia mineral

Antônio Eduardo Clark Peres, UFMG

Tecnologia mineral

Referências

Alves, V.K. Estudo de Avaliação dos parâmetros que influenciam de maneira significativa nos resultados de ensaio de Wi de Bond. In: Encontro Nacional de Tratamento de Minérios, organização. Proceedings do XXII Encontro Nacional de Tratamento de Minérios; 2007 Nov 20– 24; Ouro Preto, Brasil. Vol 1, p. 151–156.

Associação Brasileira de Normas Técnicas. Moinho de bolas, determinação do índice de trabalho: NBR 11376. Rio de Janeiro, 1990.

Bergstrom, B.H., Crushability and Grindability, SME Mineral Processing Handbook, v.2, p.30-65 to 30-68, 1965.

BOND, F.C. The third theory of comminution. Transaction AIME, 193, 484-494, 1952.

BOND, F.C. New Equation for Calculating the Work Index from A-C closed circuits ball mill grindability tests. Allis Chalmers Publication, 1960.

Sampaio J.A., França S.C.A., Braga, P.F.A. Tratamento de Minérios – Práticas Laboratoriais. 1a. ed. Rio de Janeiro. 2007. Capítulo 10, Determinação Experimental do Índice de Trabalho (WI), p. 179-192.

SILVA, Diogo Souza Figueiredo. Uma revisão do método de cálculo do Work Index de Bond para minérios com excesso de finos naturais. Belo Horizonte, Trabalho de Conclusão de Curso. Departamento de Engenharia de Minas, Universidade Federal de Minas Gerais, 2011.

Tavares, L.M.M.; Carvalho, R.M.; Alves, V.K.; Lima, N. On the Design of Ball Mills for Grinding Itabirite Ores. In: 13o Seminário Brasileiro de Minério de Ferro.¬¬ 2012, Rio de Janeiro, Brasil, p.742-752.

Downloads

Publicado

24/12/2015

Como Citar

Ferreira, K. C., Galery, R., Montenegro, L. C. M., & Peres, A. E. C. (2015). EFEITO DO ESCALPE NO WORK INDEX DE BOND. HOLOS, 7, 59–64. https://doi.org/10.15628/holos.2015.3703

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)