AVALIAÇÃO FUNCIONAL E DE CONFORTO TÉRMICO EM EDIFÍCIOS VERTICAIS EM BLUMENAU SC

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2020.11055

Palavras-chave:

Arquitetura, avaliação, edifícios verticais, funcionalidade, conforto térmico

Resumo

Este trabalho apresenta uma avaliação funcional e de conforto térmico em edifícios verticais em Blumenau SC, com diagnóstico e avaliação uma amostra edilícia do bairro Victor Konder, região próxima ao centro e em grande processo de verticalização. O método de trabalho englobou as etapas de visitas in loco, levantamento de dados de campo e de projetos, análises pós-projetos e análises específicas. A análise dos edifícios verticais de uso habitacional foi realizada em trinta e quatro (34) edifícios do bairro, característico de ocupação de classe média. A avaliação realizada identificou maiores deficiências nos edifícios nos critérios de avaliação de funcionalidade, quando comparado aos critérios de conforto térmico. Do total da amostra, nenhum dos edifícios atingiu o valor máximo na avaliação realizada considerando os critérios de conforto térmico e de funcionalidade. Na parte de avaliação de conforto térmico foi realizada a simulação computacional do comportamento térmico de uma edificação da amostra de estudo, representativa dos edifícios avaliados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jakelline Cristina Kuba, Universidade Regional de Blumenau - FURB

Bolsista de Pesquisa. Curso de Arquitetura e Urbanismo. Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Laboratório de Conforto Ambiental - LACONFA/Grupo de Estudo e Pesquisa do Habitat - GEPHabitat

Amilcar José Bogo, Universidade Regional de Blumenau - FURB

Professor e Pesquisador. Curso de Arquitetura e Urbanismo. Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Laboratório de Conforto Ambiental - LACONFA/Grupo de Estudo e Pesquisa do Habitat - GEPHabitat

Marina Vieira, Universidade Regional de Blumenau - FURB

Bolsista de Pesquisa. Curso de Arquitetura e Urbanismo.Departamento de Arquitetura e Urbanismo Laboratório de Conforto Ambiental - LACONFA/Grupo de Estudo e Pesquisa do Habitat - GEPHabitat

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15220-2. (2005). Desempenho térmico de edificações Parte 2: Métodos de cálculo da transmitância térmica, da capacidade térmica, do atraso térmico e do fator solar de elementos e componentes de edificações. Rio de Janeiro.

Bogo, Amilcar José (2017). Clima e arquitetura em Blumenau. Blumenau: FURB, Laboratório de Conforto Ambiental, Revisado – Agosto de 2017. 42 p, il.

Boueri, Jorge (1989). Antropometria: fator de dimensionamento da habitação. 1989. 368p. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo.

Chvatal, K. M. S. (2014). Avaliação do Procedimento Simplificado da NBR 15575 Para Determinação do nível de Desempenho Térmico de Habitações. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 14, n. 4, p. 119-134, out./dez. 2014.

Chvatal, Karin Maria Soares; Marques, Tássia Helena Teixeira (2016). Avaliação de Diferentes Alternativas de Modelagem de Habitações de Interesse Social no Programa de Simulação de Desempenho Térmico Energyplus. Revista Tecnológica, v. 25, n. 1, p. 67-79.

Fossati, M., Scalco; V. A., Linczuk; V. C. C.; Lamberts, R. (2016). Building energy efficiency: An overview of the Brazilian residential labeling scheme. Renewable and Sustainable Energy Reviews, 65, 1216-1231.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades e Estados. 2019. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/sc/blumenau.html

Mizgier, M. O., & Penso, E. A. (2016). Desempenho térmico de fachadas ventiladas como proposta de retrofit em edifícios comerciais na cidade de São Paulo. Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, São Paulo, Anais. São Paulo: ANTAC.

Ornstein, S. W.; Roméro, M. de A.; Cruz, A. de O. (1997). Avaliação pós-ocupação (APO) aplicada em conjunto habitacional em São Paulo: análise funcional e ergonométrica dos ambientes internos do apartamento como indicador de qualidade para futuros projetos. In: Anais do VI Encontro Nacional de Conforto no Ambiente Construído. Salvador: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído.

Pickler, Isadora; Bogo, Amilcar J. (2015). Análise das estratégias arquitetônicas de conforto ambiental presentes em projetos de edificações verticais em Blumenau – SC. In.: XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latino-Americano de Conforto no Ambiente Construído – ENCAC-ELACAC 2015, Campinas SP.

SIGAD - Sistema de Informações Gerenciais e de Apoio à Decisão. www.furb.br/sigad. Furb, 2015.

Silva, A. S.; Ghisi, E. (2014). Análise comparativa dos resultados do desempenho térmico da envoltória de uma edificação residencial pelos métodos de simulação do RTQ-R e da NBR 15575-1. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 14, n. 1, p. 213-230, jan./mar. 2014.

Sorgato, M. J.; Melo, A. P.; Marinoski, D. L.; Lamberts, R. (2014). Análise do procedimento de simulação da NBR 15575 Para avaliação do desempenho térmico de edificações residenciais. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 14, n. 4, p. 83-101, 2014.

Triana, Maria Andrea; Lamberts, Roberto; Sassi, Paola. (2016). Desempenho de Habitações de Interesse Social frente às Mudanças Climáticas. In: Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, São Paulo, Anais. São Paulo: ANTAC.

Uliano, Giane, Bogo, Amilcar José. (2013). Análise das estratégias arquitetônicas de controle solar em aberturas de edifícios verticais em Blumenau SC. In.: XII ENCAC – Encontro Nacional de Conforto no Ambiente Construído e VIII ELACAC - Encontro Latino Americano de Conforto no Ambiente Construído, Brasília, DF.

Uliano, Giane, Bogo, Amilcar José. (2014). Análise das estratégias arquitetônicas de controle solar em edifícios verticais de uso comercial/serviços e residenciais: parte 2 estudo de caso para o centro de Blumenau SC. In.: XV ENTAC 2014 - Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, Maceió, AL.

Villa, Simone Barbosa; Saramago, Rita De Cássia Pereira; Alves, Caio Augusto. (2015). Avaliação pós-ocupação em edifícios de apartamentos: a qualidade espacial e ambiental em Ribeirão Preto/SP

Villa, S. B.; Ornstein, S. W. (2009). Projetar apartamentos com vistas à qualidade arquitetônica a partir dos resultados da Avaliação Pós-Ocupação (APO). São Carlos, SP, 2009. 1º Simpósio Brasileiro de Qualidade do Projeto no Ambiente Construído / IX Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios. EESC-USP, São Carlos, SP, Anais.

Downloads

Publicado

06/08/2021

Como Citar

Kuba, J. C., Bogo, A. J., & Vieira, M. (2021). AVALIAÇÃO FUNCIONAL E DE CONFORTO TÉRMICO EM EDIFÍCIOS VERTICAIS EM BLUMENAU SC. HOLOS, 3, 1–22. https://doi.org/10.15628/holos.2020.11055

Edição

Seção

ARTIGOS