Violência Urbana: Territorialização da violência na cidade de Mossoró/RN - Urban Violence: Territorialization of violence in Mossoró/RN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2020.10105

Palavras-chave:

Violência, Urbana, Territorialização - Violence, Urban, Territorialization

Resumo

RESUMO: Este artigo discute a formação de territórios de violência na cidade de Mossoró/RN. Tomamos como referência pesquisas bibliográficas, e de campo, além de dados oficiais correspondentes ao período entre os anos de 2015 a 2019. Buscamos analisar como a formação e manutenção do status territorial excludente contribui para a produção e reprodução da violência urbana. Observamos que a exclusão social implica na formação de territórios abandonados estruturalmente pelo poder público, que passam a ser ocupados por facções criminosas. Essas facções aproveitando-se da inércia do estado acabam por realimentar a violência urbana, transformando-os em redutos do crime. O estudo verificou ainda que a forma como a mídia noticia os atos da violência ocorridos nesses territórios acaba influenciando e ratificando o estigma de violento atribuídos aos territórios.

ABSTRACT: This study discusses the organization  of violent territories in Mossoró/RN. As reference, we used bibliographic and field studies, as well as official data concerning the 2015-2019 period. We aimed to analyze how the organization and management of the territorial exclusion status contributes to the production and reproduction of urban violence. We observed that social exclusion leads to the organization of territories structurally abandoned by public authorities, which tend to be occupied by criminal gangs. These gangs take advantage of the state inertia and increase urban violence, transforming such territories in areas susceptible to crime. The study also verified that the way in which the media portrays criminal acts in these territories attributes a violent stigma to such areas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

ERIVELTON NUNES DE ALMEIDA, FACULDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO NORTE

Mestre em Ensino (IFRN/UERN/UFERSA). Docente do curso de Dereito da Faculdade Católica do Rio Grande do Norte.

Referências

Barbosa, C. S. (2019). As facções criminosas do RN: sangue e morte em Alcaçuz.

Bauman, Z. (1999). Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor.

Bauman, Z. (2008) Medo Líquido. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Cerqueira, D. R. C. et al. (2019). Atlas da Violência 2019. ISBN 978-85-67450-14-8, Brasília: março de 2019. Recuperado de http://www.ipea.gov.br/atlasviolencia/.

Costa, J. H., Brandão, T. S. (2016). Espaço, território e violência em tempos de globalização. GEOTemas, Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte, Brasil, 6(2), 15-29.

Dantas, S. A. S. (2008). Lampião entre a espada e a lei: considerações biográficas e análise crítica. Natal: Cartgraf.

Ferreira, I. C. B., Penna, N. A. (2005). Território da violência: um olhar geográfico sobre a violência urbana. GEOUSP - Espaço e Tempo, São Paulo: 18, 155 – 168.

Habermas, J. (2004). O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Lopes, A. C. (2013). Teoria pós-críticas, política e currículo. Educação, Sociedade e Culturas, 39, 7-23. Recuperado de http://www.fpce.up.pt/ciie/sites/default/files/02.AliceLopes.pdf.

Minayo, M.C.S. (2006). Violência e saúde. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ. (Coleção Temas em Saúde). Recuperado de https://static.scielo.org/scielobooks/y9sxc/pdf/minayo-9788575413807.pdf.

Revista de crime análise da Rede e Instituto de pesquisa OBVIO observatório da violência – Instituto Marcos Dionísio de pesquisa. (2020) Série letalidade e vitimização policial 2015-2019. 4(18), 115, p. Recuperado de https://issuu.com/obvium/docs/obvium_especial_18_jul_2020.

Souza, M. J. L. (1995). O território: sobre espaço de poder, autonomia e desenvolvimento. In: Castro. I. E. de et al. (Orgs.) Geografia: Conceitos e Temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Santos, J. C. T, Rodrigues, M. K. S. (2015). Violência na escola: sentidos no contexto da prática. Pesquisa em foco, 20(2), 187-213. São Luís. 2015. Recuperado de http://ppg.revistas.uema.br/index.php/PESQUISA_EM_FOCO/article/view/1020/803. Acesso em: 04 jan. 2017.

Downloads

Publicado

08/12/2021

Como Citar

DE ALMEIDA, E. N. (2021). Violência Urbana: Territorialização da violência na cidade de Mossoró/RN - Urban Violence: Territorialization of violence in Mossoró/RN. HOLOS, 7, 1–17. https://doi.org/10.15628/holos.2020.10105

Edição

Seção

ARTIGOS