PRODUÇÃO DE MUDAS DE SABIÁ Mimosa caesalpiniaefolia Benth NODULADAS E MICORRIZADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2016.3933

Palavras-chave:

Mudas florestais, FBN, simbiose, RAD, nutrição vegetal

Resumo

Para avaliar os efeitos da inoculação com bradyrhizobium e fungos micorrízicos arbusculares em dois substratos usados para a formação de mudas de sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth), no crescimento, nodulação, colonização micorrízica e teores e acúmulos de macro e micronutrientes, foi realizado um experimento em casa de vegetação na Embrapa Agrobiologia, utilizando um delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial completo 4 X 2 com 5 repetições.    Os tratamentos foram: Testemunha sem inoculação; inoculação com rizóbio; inoculação com micorriza; inoculação com rizóbio + micorriza e dois substratos com diferentes conteúdos de composto orgânico em sua composição. Avaliaram-se os parâmetros  de crescimento, nutrição, nodulação e colonização das mudas aos 79 dias após o plantio. As mudas colonizadas isoladas (R) e/ou em conjunto (R+M) beneficiaram a formação das mudas do sabiá em todos os parâmetros de crescimento estudados em relação aos outros tratamentos microbiológicos (Test. e M); aumentaram os teores de N e o acúmulo de N, K, Mg, Cu, Mn e Fe. A inoculação com micorriza também estimulou a nodulação no sabiá. Os resultados finais indicam que, em relação as variáveis estudadas, deve-se optar pelo substrato com menor teor de composto orgânico para a produção de mudas dessa espécie que é muito indicada para utilização em campo pelas unidades de pesquisas da Embrapa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Silvio Roberto de Lucena Tavares, Embrapa Solos

Pesquisador da Embrapa Solos na área de pedologia, manejo e recuperação de áreas degradadas e/ou contaminadas

Avílio Antônio Franco, Embrapa Agrobiologia

Pesquisador aposentado da Embrapa Agrobiologia. Atua na área de  manejo e recuperação de áreas degradadas e/ou contaminadas.

Eliane Maria Ribeiro da Silva, Embrapa Agrobiologia

Pesquisadora da Embrapa Agrobiologia na área de microbiologia agrícola, manejo e recuperação de áreas degradadas e/ou contaminadas

Referências

ABBOTT, L. K.; ROBSON, A. D. Infectivity and effectiveness of five endomycorrhizal fungi: competition with indigenous fungi in field soils. Australian Journal of Agricultural Research, Victoria, v. 32, p. 621-630, 1981.

BATAGLIA, O. C.; FURLANI, A. M. C.; TEIXEIRA, J. P. F.; FURLANI, P. R. & GALLO, J. R. Métodos de análise química das plantas. Instituto Agronômico, Campinas, 1983. 48 p. (Boletim 78).

CAPECHE, C. L.; TAVARES, S. R. L.; MACEDO, J. R. & MELO, A. S. Recuperação de áreas degradadas. In: Biocombustíveis sólidos: fonte energética alternativa visando à recuperação de áreas degradadas e à conservação do Bioma Caatinga/ Editor: Silvio Roberto de Lucena Tavares, Brasília, DF: Embrapa; Natal, RN: IFRN, 2014. 400 p.

DECHEN, A. R.; HAAG, H. P. & CARMELLO, Q. A. de C. Funções dos micronutrientes nas plantas. In: FERREIRA, M. E. & da CRUZ, M. C., eds. Micronutrientes na agricultura. POTAFOS/CNPq, Piracicaba, 1991. p. 65-78.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Manual de análises de solos. Série Documentos 132. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2011. 2a Ed. 230p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Revegetação de solos degradados. Comunicado Técnico n.9. Itaguaí: Embrapa Agrobiologia, 1992. 9p.

GIOVANNETTI, M.; & MOSSE, B. An evaluation of techniques for measuring vesicular arbuscular mycorrhizal infection in roots. New Phytol., v. 84, p. 489-500, 1980.

LEITÃO, M. R. S. M. M. Fixação biológica do nitrogênio por espécies arbóreas. In: VARGAS, M. A. T. & HUNGRIA, M., eds. Biologia dos solos dos cerrados. Embrapa-CPAC, Planaltina, DF, 1997. p 155-186.

MENDES, M. M. C. Crescimento de Sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) em resposta à inoculação com rizóbio e fungos micorrízicos arbusculares. Recife, PE, Universidade Federal Rural do Pernambuco - Departamento de Ciências Florestais, 2010. 86 p. (Dissertação de mestrado).

MILAGRES, M. C. & BORGES, R. C. G. Crescimento de mudas de Anadenanthera peregrina e Dalbergia nigra inoculadas com fungos MVA e bactérias fixadoras de nitrogênio. In: Simpósio Nacional de Recuperação de Áreas Degradadas, III, Ouro Preto, MG. 1997. Trabalhos voluntários, Viçosa, MG: SOBRADE; UFV/DPS/DEF, 1997. p. 339-343.

MONTEIRO, E. M. da S. Resposta de leguminosas arbóreas à inoculação com rizóbio e fungos micorrízicos vesículo-arbusculares em solo ácido. Itaguaí, RJ, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 1990. 221 p. (Tese de doutorado).

OLIVEIRA, E. Efeito do número de esporos de fungos micorrízicos arbusculares no desenvolvimento inicial do sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth) em solo ácido. Itaguaí, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 1993. 173 p. (Dissertação de mestrado).

SCHIAVO, J. A.; MARTINS, M.A.; RODRIGUES, L.A. Avaliação nutricional de mudas de Acacia mangium, Sesbania virgata e Eucalyptus camaldulensis inoculadas com fungos micorrízicos, em casa-de-vegetação e em cava de extração de argila. Acta Scientiarum Agronomy, v. 31, n. 4, p. 701-707, 2009.

SOUCHIE, E.L.; CAMPELLO, E.F.C.; SAGGIN-JÚNIOR, O.J.; SILVA, E.M.R. da. Mudas de espécies arbóreas inoculadas com bactérias solubilizadoras de fosfato e fungos micorrízicos arbusculares. Floresta, v. 35, n. 2, p. 329-334, 2005.

SOUZA, R. C.; PEREIRA, M. G.; GIÁCOMO, R. G.; SILVA, E. M. R.; & MENEZES, L. F. T. Produção de mudas micorrizadas de Schinus terebinthifolius Raddi em diferentes substratos. Floresta, Curitiba, PR, v.39, n. 1, p. 197-206, jan/mar. 2009.

SOUZA, F.A. de.; SILVA, E.M.R. da. Micorrizas arbusculares na revegetação de áreas degradadas. In: SIQUEIRA, J.O. (Ed.). Avanços em fundamentos e aplicação de micorrizas. Lavras: Universidade Federal de Lavras, 1996. p. 255-290

STURION, J. A. & ANTUNES, J. B. M. Produção de mudas de espécies vegetais. In: Reflorestamento de propriedades rurais para fins produtivos e ambientais: um guia para ações municipais e regionais. Organizado por Antônio Paulo Mendes Galvão - Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Colombo, PR: Embrapa Florestas, 2000. 351 p.

VICENT, J. M. A manual for the pratical study of root nodule bacteria. Oxford: Blackwell Scientific Publications, 1970. 119 p. (IBH Handbook, 15).

VIEIRA, S. & HOFFMANN, R. Estatística Experimental. Ed. Atlas, São Paulo, 1989. 179p.

Downloads

Publicado

12/11/2016

Como Citar

Tavares, S. R. de L., Franco, A. A., & Silva, E. M. R. da. (2016). PRODUÇÃO DE MUDAS DE SABIÁ Mimosa caesalpiniaefolia Benth NODULADAS E MICORRIZADAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS. HOLOS, 7, 231–241. https://doi.org/10.15628/holos.2016.3933

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)