SÍNTESE DE NANOPARTÍCULAS DE SnO2 DOPADAS COM NÍQUEL PELO MÉTODO HIDROTERMAL ASSISTIDO POR MICRO-ONDAS E SUA UTILIZAÇÃO COMO CATALIZADORES NA OBTENÇÃO DE BIODIESEL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.5072

Palavras-chave:

SnO2, método hidrotermal assistido por micro-ondas, catalisadores, biodiesel

Resumo

Devido sua alta estabilidade química, além de seu baixo custo, o dióxido de estanho vem sendo bastante reportado na literatura, bem como sua síntese hidrotérmica associada a micro-ondas. A utilização de catalizadores heterogêneos, na síntese de biodiesel, vem se mostrando bastante promissor, com taxas de conversão acima de 80 %. Este trabalho teve o objetivo de sintetizar o SnO2 dopado com níquel visando sua aplicação como catalisador heterogêneo na transesterificação de óleos vegetais. Os pós obtidos foram caracterizados por difração de raios X, espectroscopia Raman, microscopia eletrônica de varredura e adsorção/dissorção de N2(g) utilizando o método de Brunauer-Emmet-Teller (BET). Os resultados mostraram pós com aglomerados nanométricos e alta área superficial.  Os testes catalíticos mostraram um fator de retenção de 80 % e redução da viscosidade do óleo babaçu de 30,27 mm2s-1 para 6,91 mm2s-1, indicando que o catalizador sintetizado pode ser utilizador na transesterificação de óleos vegetais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marcelo Moizinho Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus Monte Castelo

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal da Paraíba (1994), mestrado em Química Inorgânica pela Universidade Federal da Paraíba (1997) e doutorado em Ciências, área de Concentração Físico-Química, pela Universidade Federal de São Carlos (2002). Atualmente é professor associado III do Departamento Acadêmico de Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus São Luís Monte Castelo e professor do Programa de Pós-Graduação de Engenharia de Materiais deste instituto e membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia.

Referências

Diéguez, A., Romano, A., Vilá, A., & Morante, J. (2001). The complete Raman spectrum of nanometric SnO2 particles. Journal of Applied Physics, 90(3), 1550-1557.

Ferreira, H. A, & Rangel, M. C. (2009). Nanotecnologia: aspectos gerais e potencial de aplicação em catálise. Química Nova, 32, 1860-1870.

Fogler, H. S. (2002). Elementos de engenharia das reações químicas. (3a. ed.). Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos.

Herrera Aragón, F. F. (2010). Estudo das propriedades estruturais e magnéticas de nanopartículas de SnO2 dopadas com Ni, Co e Cr (Dissertação de Mestrado). Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil.

Lodeng, R., Barré-Chassonery, M., Fathi, M., Rokstad, O. A., & Holmen, A. (1997). Carbon formation from decomposition of CH4 on supported Ni Catalysts. In: Catalyst Deactivation. Bartholomew, C. H., & Fuents G. A.

Luo, C., Delong, L., Wu, W., Zhanga, Y., & Pan, C. (2014). Preparation of porous micro–nano-structure NiO/ZnO heterojunction and its photocatalytic property. RSC Advances, 4, 3090–3095.

Marturano, M. A., Aglietti, E. F., & Ferreti, O. A. (1999). Nature of Ni-Al developed phases during thermal activation in relation to the preparation techniques. Part I: calcination. Thermochimica Acta, 336, 47-54.

Mouzinho, A. M. C. (2007). Produção de biodiesel a partir do óleo vegetal de babaçu (orbignya martiniana) empregando catalisadores heterogêneos comerciais (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Maranhão, São Luís, MA, Brasil.

Rangel, J. H. G., Santos, H. C. C., Oliveira, M. M., & Longo, E. (2011). Síntese e caracterização estrutural de SnO2 dopado com Ni. Holos, 4, 112-127.

Sales, H. B. (2009). SnO2 suportado em argila para síntese de Biodiesel (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, Brasil.

Santilli, C. V., Pulcinelli, S. H., Brito, G. E. S., & Briois, V. (1999). Sintering and Crystallite Growth of Nanocrystalline Copper Doped Tin Oxide. The Journal of Physical Chemistry B, 103(14), 2660-2667.

Serra, T. M. (2010). Desenvolvimento de catalisadores a base de estanho (IV), para produção de ésteres metílicos de ácidos graxos, via transesterificação e esterificação (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Alagoas, Maceió, AL, Brasil.

TWIGG, M. V. (1997). Catalyst Handbook (2nd ed.). London: Manson Publishing.

Valois, R. R. S. (2016). Utilização do Método Hidrotérmico Assistido por Micro-ondas na Síntese de Catalisadores à Base de SnO2 Dopados com Nióbio aplicados na Reação de Esterificação (Dissertação de Mestrado). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, São Luís, MA, Brasil.

Vasconcelos, N. de. (2006). Reforma a vapor do metano em catalisadores à base de níquel promovidos com nióbia (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, Brasil.

Wanderley, K. A., Alves, J., Santos, P., & Oliveira, C. (2011). Síntese hidrotermal assistida por micro-ondas como metodologia sintética eficiente para obtenção da rede metalorgânica [Zn(BDC)(H2O)2]n. Química Nova, 34(3), 434-438.

Warren, B. E. (1941). X-ray Diffraction Random Layer Lattices. Physical Review, 59(9), 693-698.

Downloads

Publicado

14/11/2017

Como Citar

Oliveira, M. M., Rangel, J. H. G., Vasconcelos, J. S., & Longo, E. (2017). SÍNTESE DE NANOPARTÍCULAS DE SnO2 DOPADAS COM NÍQUEL PELO MÉTODO HIDROTERMAL ASSISTIDO POR MICRO-ONDAS E SUA UTILIZAÇÃO COMO CATALIZADORES NA OBTENÇÃO DE BIODIESEL. HOLOS, 5, 55–66. https://doi.org/10.15628/holos.2017.5072

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)