DA UTOPIA FOURIERISTA AOS PRINCÍPIOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA: INTERFACES ENTRE O PASSADO E O PRESENTE

Autores

  • Luiz Célio Souza Rocha
  • Geyson Eliakim Ferreira de Araújo
  • Emanuelly Alves Pelogio
  • Juarez Azevedo de Paiva
  • Miguel Eduardo Moreno Añez

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2013.982

Resumo

A partir de pesquisa bibliográfica, este texto evidencia, teoricamente, por vias fenomenológicas e ontológicas, como as idéias principais do Socialismo Utópico de Fourier estão presentes nos princípios da Economia Solidária. A situação sócio-econômica da sociedade contemporânea, centrada no consumismo e na competitividade, tem gerado restrições, tanto para a economia capitalista quanto para a maioria dos indivíduos. É, pois, em tempos de crise, que a Economia Solidária aparece como resposta às desigualdades e injustiças inerentes ao sistema capitalista, pois, privilegia, além da dimensão econômica, as esferas social e ambiental. Esta tendência não fragmentada de vida foi pensada no passado e vem ocorrendo – ainda que de modo limitado – nos dias atuais. Para evidenciar tal entendimento, ao longo do trabalho são resgatadas características do pensamento de Fourier que, hoje, aparecem fortemente vinculadas ao construto da Economia Solidária. O exercício procedido evidencia a vitalidade dos ideais do socialismo utópico na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

CATTANI, A. D. Emancipação social. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA, P. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

COELHO, L. Economia feminista. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA, P. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

COTERA, A.; ORTIZ, H. Comércio justo. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA, P. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

ENGELS, F. Do socialismo utópico ao socialismo científico. São Paulo: Global Editora, 1981.

FACES DO BRASIL. Carta de valores, princípios e critérios para o Comércio Ético e Solidário do Brasil, 2004.

FRANÇA FILHO, G. C. Incubação de redes de economia solidaria. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA, P. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

_________. A via - sustentável solidária no desenvolvimento local. Organizações & Sociedade, Salvador, v.15, n. 45, abr/jun, 2008.

¬¬¬¬_________. A temática da economia solidária e suas implicações originais para o campo dos estudos organizacionais. RAP, Rio de Janeiro, v. 37, p.11-31, Jan./Fev, 2003.

¬¬¬¬_________. Terceiro setor, economia social, economia solidária e economia popular: traçando fronteiras Conceituais. Bahia Análise & Dados, Salvador, v.12, n.1, p.9-20, jun/2002.

FRANÇA-FILHO, G. C.; LAVILLE, J. L. Economia Solidária: uma abordagem internacional. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

GAIGER, L. I. Empreendimento econômico solidário. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA, P. Dicionário internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

_________. A Economia Solidária no Brasil: refletindo sobre os dados do primeiro Mapeamento Nacional. In: II Seminário Nacional do Núcleo de Pesquisa sobre Movimentos Sociais. Santa Catarina, UFSC. Anais... abr. 2007. Disponível em: <http://www.ecosol.org.br/txt/mapeamento1.pdf>. Acesso em: 10/11/2008.

_________. (Org.). Sentidos e experiências da Economia Solidária no Brasil. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

GUERREIRO RAMOS, A. A nova ciência das organizações: uma reconceituação da riqueza das nações. 2 ed. Rio de Janeiro: FGV, 1989.

KONDER, L. Fourier, o socialismo do prazer. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1998.

LAVILLE, J. L. Fato associativo e Economia Solidária. Bahia Análise e Dados, Salvador, Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, v. 12, n. 1, p. 25-34, jun. 2002.

LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I. Economia Solidária. In: CATTANI, A. D.; LAVILLE, J. L.; GAIGER, L. I.; HESPANHA. Dicionário Internacional da outra economia. São Paulo: Almedina, 2009.

LECHAT, N. M. P. As raízes históricas da economia solidária e seu aparecimento no Brasil. Campinas, 2002. Disponível em: <http://www.cultura.ufpa.br/itcpes/documentos/ecosolv1.pdf#page=4>. Acesso em: 19/01/2009.

LEHOUCK, E. Fourier o la armonia y el caos. Barcelona: Labor, 1973.

MOTTA, F.; FREITAS, M. Vida Psíquica e Organização. São Paulo: FGV, 2000.

POLANYI, K. A grande transformação: as origens da nossa época. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000.

RAZETO, L. Economia de solidariedade e organi¬zação popular. In: GADOTTI, M.; GUTIÉRREZ, F. (org.). Educação comunitária e economia popular. São Paulo: Cortez, 1993.

SACHS, I. Prefácio. In: VEIGA, J. E. Desenvolvimento Sustentável, o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2005.

SENAES. Relatório Nacional dos empreendimentos de Economia Solidária no Brasil. 2007. Disponivel em: <http://www.mte.gov.br>. Acesso em: 08 jul. 2008.

________. Objetivos. Brasília, 2009. Disponível em: <http://www.mte.gov.br/ecosolidaria/secretaria_nacional.asp>. Acesso em: 20 jun. 2009.

SINGER, P.; SOUZA, A. R. A economia solidária no Brasil: a autogestão como resposta ao desemprego. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2003.

SINGER, P. Introdução à Economia Solidária. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2002.

VEIGA, J. E. Desenvolvimento Sustentável, o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2005.

Downloads

Publicado

2013-05-21

Como Citar

Rocha, L. C. S., Araújo, G. E. F. de, Pelogio, E. A., Paiva, J. A. de, & Añez, M. E. M. (2013). DA UTOPIA FOURIERISTA AOS PRINCÍPIOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA: INTERFACES ENTRE O PASSADO E O PRESENTE. HOLOS, 2, 96–114. https://doi.org/10.15628/holos.2013.982

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)