O (NÃO) USO DE INDICADORES DE GESTÃO EM PROPRIEDADES LEITEIRAS NA GALÍCIA – ESPANHA

Carlos Candido da Silva Cyrne, Claudete Rempel, Claus Haetinger, Jaqueline de Bortoli

Resumo


A globalização atinge o setor agroindustrial e afeta a base da produção primária no mundo. De forma natural, a necessidade de profissionalização surge nas propriedades produtoras de leite. Este trabalho tem como objetivo analisar o (não) uso de indicadores de gestão nas propriedades produtoras de leite, a partir dos dados coletados em entrevistas realizadas em 25 propriedades localizadas nas Províncias de Lugo e A Coruña, Galícia, Espanha. Buscou-se uma heterogeneidade na amostra, caracterizada como não probabilística, com a finalidade de compreender o funcionamento das propriedades no controle de suas variáveis, através de indicadores gerenciais. Conclui-se que as propriedades apresentam realidades distintas, sendo observadas propriedades em estágio inicial de acompanhamento de indicadores de gestão e propriedades utilizando ferramentas sistematizadas. A partir dessa constatação, apresenta-se uma oportunidade de intervenção da Universidade na oferta de qualificação para potencializar o resultado das propriedades produtoras de leite.

Palavras-chave


Leite. Galícia. Indicadores. Desempenho.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.3249



 

HOLOS IN THE WORLD