REFLEXÕES SOBRE OS EFEITOS DA TERCEIRIZAÇÃO DOS CARGOS DE APOIO NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL: ESTUDO DE CASO NO INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MG CAMPUS RIO POMBA

Bruno Silva Olher, Ivy Silva Costa, Ítala Moraes Teixeira

Resumo


A pesquisa trata da terceirização na administração pública, através da análise dos seus efeitos positivos e negativos na gestão do IF Sudeste MG - câmpus Rio Pomba. O estudo almejou definir as características que determinam a efetividade da terceirização ou sua ausência no câmpus. Dessa forma, estabeleceu-se o contexto histórico–político no qual origina a terceirização, determinando também o que é, de fato, esse termo. Em seguida, levantou-se a principal legislação que envolve a mesma e como esta surgiu e se desenvolveu na administração pública. Para a análise do referido câmpus a pesquisa foi realizada com os professores, técnicos administrativos, gestores e terceirizados; com o intuito de alcançar a visão dos principais envolvidos. A pesquisa fez uso de questionário e entrevista, mediante sua análise estabeleceu a triangulação dos dados. A terceirização é uma política organizacional que exige adequação e excelente adaptação para não prejudicar o trabalho.


Texto completo:

PDF

Referências


AMATO NETO, J. Reestruturação Industrial, Terceirização e Redes de Subcontratação. RAE-Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 2, mar-abr, p.33-42, 1995

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução Luiz Antero Reto e Augusto Pinheiro Lisboa: Edições 70, 1995

BRASIL. Decreto Lei nº 200, de fevereiro de 1967. Dispõe sobre a organização da Administração Federal, estabelece diretrizes para a Reforma Administrativa e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: Acesso em mar. 2013.

BRASIL. Lei nº 7.596, de 10 de Abril de 1987. Altera dispositivos do Decreto-lei nº 200, de 25 de fevereiro de 1967, modificado pelo Decreto-lei nº 900, de 29 de setembro de 1969, e pelo Decreto-lei nº 2.299, de 21 de novembro de 1986, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7596.htm> Acesso em Out. 2013.

BRASIL. Lei nº 8112, de 11 de dezembro de 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil.Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8112 cons.htm> Acesso em mar. 2013.

BRASIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: < http://www. planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm> Acesso em mar. 2013.

BRASIL. Lei nº 9632, de 07 de maio de 1998. Dispõe sobre a extinção de cargos no âmbito da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9632.htm> Acesso em mar. 2013.

BRASIL. (2004), Projeto de Lei nº 4330, de 2004. Dispõe sobre o contrato de prestação de serviço a terceiros e as relações de trabalho dele decorrentes. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9632.htm> Acesso em mar. 2013.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Gestão do setor público: estratégia e estrutura para um novo Estado. In: SPINK, Peter. Reforma do Estado e administração pública gerencial. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1998.

CAFFARO, Leonardo de Mello. O pós-positivismo, o direito do trabalho e a noção de interesse público: a terceirização na administração pública e a Súmula n. 331 do TST em questão. Revista LTr: Legislação do Trabalho, Ano 74, número 12, São Paulo: LTr, 2010.

CPDOC/FGV. Centro de pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. A era Vargas dos anos 20 a 1945. Disponível em:< http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/AEraVargas1/anos3745/PoliticaAdministracao/DASP> Acesso em abr. 2013.

DIEESE. Processo de terceirização e seus efeitos sobre os trabalhadores no Brasil. Disponível em: Acesso em abr. 2013.

MATIAS-PEREIRA, José. Curso de Administração Pública – São Paulo: Atlas, 2008.

REIS, Fátima dos. A reforma do Estado brasileiro no período de 1995 a 2002: reconfiguração da administração e dos serviços públicos e seus reflexos na Universidade Federal de Goiás-UFG. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2011.

SALVINO, Marcos Ribeiro; FERREIRA, Simone Rodrigues. A terceirização de Serviços na Administração Pública e Responsabilidade Trabalhista. Revista Novatio Iuris, v. 2, n. 3, p. 119-145, Jul. 2009.

SIMÕES, Carlos Lúcio. Terceirização no Setor Público Vantagens e Desvantagens. Nova Venécia, 2009. Disponível em:< http://univen.no-ip.biz/listamono/monografias/Administra%C3%A7%C3%A3o%20e%20An%C3%A1lise%20de%20Sistemas/2009/TERCEIRIZA%C3%87%C3%83O%20NO%20SETOR%20P%C3%9ABLICO-VANTAGENS%20E%20DESVANTAGENS.pdf> Acesso em Maio 2013.

VERGARA, Silvia Constant. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração/ Sylvia Constant Vergara.-12.ed. São Paulo: Atlas, 2010.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.2692



 

HOLOS IN THE WORLD