CARACTERIZAÇÃO DA DEGRADAÇÃO DE UMA ROCHA UTILIZANDO O DWT

Autores

  • Thais Ferreira Marks Brasil Duque Centro de Tecnologia Mineral - CETEM
  • Cláudio Luiz Schneider Centro de Tecnologia Mineral - CETEM

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2014.1841

Resumo

Neste trabalho apresenta-se uma análise de um modelo para a caracterização do ensaio DWT completo, para a amostra de rejeito de jigagem de carvão de Criciúma, onde os valores de tn possam ser completamente substituídos por um parâmetro, gama, que descreve a distribuição granulométrica gerada nos ensaios para todos os tamanhos, além dos parâmetros A e b. Além disso, foram realizados dois ensaios padrões, um em Março e outro em Outubro de 2012, a fim de verificar a ocorrência de degradação com o tempo das amostras. O ensaio DWT mede a distribuição granulométrica gerada pelo impacto, em vários níveis de energia, de amostras de partículas com tamanhos definidos. Os resultados são subsequentemente reduzidos a dois parâmetros, A e b, característicos do material. O valor do produto A×b tem sido muito utilizado como um índice de tenacidade de rochas. Verificou-se que a amostra utilizada apresenta valor de A×b entre 80 e 90, sendo caracterizada como uma rocha friável, e que ocorreu degradação da amostra com o tempo, em virtude da variação do valor de A×b para o período estudado. O modelo proposto interpolou satisfatoriamente todas as distribuições geradas nos ensaios com um único valor do parâmetro gama para todos os tamanhos testados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Thais Ferreira Marks Brasil Duque, Centro de Tecnologia Mineral - CETEM

Engenheira Química, MSc. Engenharia Metalúrgica e de Materiais (em andamento). COPM - Coordenação de Processamento Mineral

Cláudio Luiz Schneider, Centro de Tecnologia Mineral - CETEM

Engenheiro de Minas, PhD. Vínculo: Coordenação de Processos Minerais Cargo: Tecnologista Sênior Áreas de Atuação: tratamento de minérios e processamento de carvão, métodos de concentração e enriquecimento, equipamentos, controle e instrumentação; modelamento e simulação de plantas; mineralogia de processos, análise quantitativa de imagens, estereologia; desenvolvimento de aplicativos.

Referências

NARAYANAN, S.S.; WHITEN W.J, Breakage Characteristics of Ores for Ball Mill Modeling, (1983), Proceedings AUSIMM, No. 286, pp. 31-39.

VILES, H.A. Urban air pollution and the deterioration of buildings and monuments. In: The global environment: science, technology and management, ed. BRUNE, D., CHAPMAN, D.V., GRUYNNE, M.D., PACYNA, J.M., 1997. Scandinavian Science Publisher and Weinheim; VCH: Germany. pp. 599-609.

NAPIER-MUNN, T.J.; MORRELL S.; MORRISON R.D.; KOJOVIC, T., Mineral Comminution Circuits – Their Operation and Optimization, (1996), JKMRC Monograph Series in Mining and Mineral Processing 2.

KING, R.P., Modeling & Simulation of Mineral Processing Systems, 2nd Edition (2012), Society for Mining, Metallurgy, and Exploration, Inc., Englewood, Colorado.

Downloads

Publicado

06/08/2014

Como Citar

Ferreira Marks Brasil Duque, T., & Schneider, C. L. (2014). CARACTERIZAÇÃO DA DEGRADAÇÃO DE UMA ROCHA UTILIZANDO O DWT. HOLOS, 3, 386–392. https://doi.org/10.15628/holos.2014.1841

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)