POLÍTICAS DESINTEGRADORAS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO ESPÍRITO SANTO

Autores

  • MARCELO LIMA
  • TATIANA GOMES DOS SANTOS PETERLE

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2019.4114

Resumo

O presente artigo nutre-se de uma orientação marxiana, que toma a categoria trabalho na sua dimensão ontológica, advogando por uma formação integral e desalienadora, em contraposição ao aprofundamento da desigualdade social. Metodologicamente, baseia-se na análise documental das informações da mídia e do Governo do Estado do Espírito Santo, tendo em vista os debates e tensões gerados a partir da divulgação do projeto Escola Viva. No Espírito Santo, a oferta da educação profissional e do ensino médio orienta-se por um viés privatizante que estabeleceu uma íntima relação entre o público e o privado, essa vinculação reitera-se tanto no destino dos recursos quanto na gestão, razão pela qual foi escolhido o Instituto ICE pela Educação para gerir o referido projeto no Espírito Santo, assim como ocorreu em Pernambuco. A atual administração, sob o pretexto de implantar escola de tempo integral, vem esvaziando a oferta de cursos técnicos integrados ao ensino médio. Nessa lógica, a educação deixa de ser um direito e passa a atender aos interesses mercantis, exercendo mais uma possibilidade de acúmulo pelos grupos detentores do capital. Assim, sob a justificativa de atender ao PNE 2014, o atual Governo inicia seu mandato com duas prioridades: a implantação do projeto Escola Viva e o fortalecimento do programa Bolsa Sedu. A partir dessas análises, entendemos que o governo implanta uma política pouco dialógica e institui projetos que desintegram o direito a uma educação básica e profissional pública, integral e integradora, assumindo uma lógica empresarial de gestão e privatizante da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

MARCELO LIMA

Professor Adjunto II CE – DEPS-PPGE-UFES. Membro do OBEDUC - CAPES e do NET-UFES. Coordenador do LAGEBES-UFES

TATIANA GOMES DOS SANTOS PETERLE

Mestranda em Educação pelo PPGE-UFES. Pedagoga na Rede Estadual-ES.

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição [da] República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1998.

______. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 7 ago. 2015.

______. Lei no 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm>. Acesso em: 28 jul. 2015.

______. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm>. Acesso em: 24 jun. 2015.

______. Lei 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm.>. Acesso em: 13 mar. 2015.

______. Portaria nº 971, de 9 de outubro de 2009. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 13 out. 2009. Seção 1, p. 52. Disponível em: <http://pactoensinomedio.mec.gov.br/images/pdf/port_971_09102009.pdf>. Acesso em: 11 mar. 2015.

CHAUÍ, M. Convite à filosofia. São Paulo: Ática, 2000.

COMEÇAM trabalhos para a implantação da Escola Viva no Estado. Folha Vitória, Vitória, jan. 2015. Disponível em: <http://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2015/01/comecam-trabalhos-para-a-implantacao-da-escola-viva.html>. Acesso em: 14 jun. 2015.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (Brasil). Resolução nº 6, de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=11663>. Acesso em: 10 mar. 2014.

CUNHA, L. A. O desenvolvimento meandroso da educação brasileira entre o estado e o mercado. Educ. Soc., Campinas, v. 28, n. 100, p. 809-829, out. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v28n100/a0928100.pdf>. Acesso em: 5 out. 2014.

ESPÍRITO SANTO (Estado). Diagnóstico da Educação do Estado do Espírito Santo. Disponível em: <http://portal.sedu.es.gov.br:85/PDFs/DIAGNOSTICO.pdf>. Acesso em: 10 maio 2015.

______. Decreto nº 3.755, de 2 de janeiro de 2015. Estabelece diretrizes e providências para contenção de gastos do Poder Executivo Estadual no exercício de 2015 e dá outras providências. Disponível em: <http://internet.sefaz.es.gov.br/contas/contabilidade/legislacao/arquivos/normas/DecretoEstadual3755_R2015.pdf>. Acesso em: 5 mar. 2015.

______. Projeto de Lei Complementar nº 4/2015. Dispõe sobre a implantação do “Programa de Escolas Estaduais de Ensino Médio em Turno Único” no Estado, denominado "Escola Viva". Disponível em: <http://www3.al.es.gov.br/Arquivo/Documents/PLC/PLC42015.e..docx>. Acesso em: 8 jun. 2015.

FREIRE, P. Conscientização. Paz e Terra: Rio de Janeiro, 1980.

JOSÉ, Rafael. Pacotão tem mil vagas em cursos técnicos de graça. Gazeta Online, Vitória, fev. 2015. Disponível em: <http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2015/02/noticias/cursos_e_concursos/3888085-pacotao-tem-mil-vagas-em-cursos-tecnicos-de-graca.html>. Acesso em: 20 maio 2015.

LIMA, M.; SILVA, I. M. Ensino Médio Integrado no Espírito Santo: perspectivas do debate acerca da qualidade a partir dos resultados do desempenho de estudantes no Enem. Trabalho apresentado no Simpósio Brasileiro de Política e Administração da Educação, 2013. Disponível em: <http://www.anpae.org.br/simposio26/1comunicacoes/MarceloLima-ComunicacaoOral-int.pdf>. Acesso em: 14 jun. 2015

SOBRE o programa. Instituto de Co-responsabilidade pela Educação. Disponível em: <http://www.icebrasil.org.br/wordpress/index.php/programas/educacao-de-qualidade/escolas-em-tempo-integral/foco-de-atuacao/>. Acesso em: 6 jun. 2015.

Downloads

Publicado

03/12/2019

Como Citar

LIMA, M., & PETERLE, T. G. D. S. (2019). POLÍTICAS DESINTEGRADORAS DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO ESPÍRITO SANTO. HOLOS, 1, 1–14. https://doi.org/10.15628/holos.2019.4114

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)