A INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COMO POSSIBILIDADE DE UMA PRÁTICA INTEGRADORA: ESTUDO DE CASO ATRAVÉS DO RESGATE DA MEMÓRIA DA VITIVINICULTURA EM VIDEIRA, SANTA CATARINA

Autores

  • Cristiane Aparecida Fontana Grumm Instituto Federal Catarinense
  • Solange Francieli Vieira Instituto Federal Catarinense
  • Liliane Martins de Brito Instituto Federal Catarinense

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2014.1975

Resumo

O presente artigo relata a experiência de uma prática integradora vivenciada em um projeto de iniciação científica intitulado “Resgate da Memória sobre a produção da uva e do vinho a partir da década de 1940 no município de Videira, Santa Catarina”. O projeto envolve três áreas do saber – Biologia, Geografia e História – e dois cursos de Educação Profissional Técnica Integrada ao Ensino Médio - Agropecuária e Eletroeletrônica – oferecidos pelo Instituto Federal Catarinense Câmpus Videira. O desenvolvimento do projeto fomentou entre as professoras envolvidas algumas reflexões a respeito da integração entre o Ensino Médio e a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Durante as diversas etapas da pesquisa de iniciação científica, foi possível perceber a importância da interdisciplinaridade, da pesquisa como princípio pedagógico e da cultura como um dos eixos fundamentais para a formação humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BRASIL. MEC/SETEC. CNE/CEB. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. 2012.

_______. CNE/CEB. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. 2011.

_______. MEC. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio: Documento Base. 2007.

_______. CNE/CEB. RESOLUÇÃO n. 2 de 30 de janeiro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio.

_______. CNE/CEB. RESOLUÇÃO n. 6 de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

GEERTZ, Cliford. A interpretação das culturas. Zahar: Rio de Janeiro, 1973.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo Vértice, 1990.

KUENZER, Acácia. Ensino Médio e Profissional: as políticas do Estado Neoliberal. São Paulo: Cortez, 2007.

_______. O Trabalho como princípio educativo. São Paulo: Cortez, 2001.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Ed. da Unicamp, 1990.

LEITE, Adriana Filgueira. O lugar: duas acepções geográficas. Anu. Inst. Geociências, 1998, vol. 21, p.09-20.

MARQUES, L. A.de S. Construindo a história no cotidiano: memória e identidade como apoio ao ensino de história nas séries iniciais do ensino fundamental - um estudo realizado na região colonial Italiana do RGS. UNISUL. www.anped.org.br. Acesso: 28/05/2012.

POLLACK, Michael. Memória e identidade social. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro. n. 10, v. 5. 1992. p. 200-212.

RICOEUR, Paul. Entre mémoire et historie. In: Projet, n. 248, p. 8-13, 1996.

RICOEUR, Paul. A memória, a história e o esquecimento. Campinas: Ed. da Unicamp, 2007.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. In: Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 34, jan.-abr. 2007, p.152-180.

SAVIANI, Dermeval. O choque teórico da politecnia. In: Trabalho, educação e saúde, v. 1, n. 1, 2003, p. 131-152.

SANTOS, Milton. de O. A Imigração Italiana para o Rio Grande do Sul no final do século XIX. In: Revista Histórica. n. 9, abr. 2006.

_______. Espaço e Método. São Paulo: Nobel, 1985.

_______. Metamorfoses do espaço habitado. Quinta edição. São Paulo: HUCITEC, 1997.

_______. Por uma Geografia Nova: Da Crítica da Geografia a uma Geografia Crítica. 3ª ed. São Paulo: HUCITEC, 1986.

SILVA, Helenice Rodrigues da. Rememoração/Comemoração: as utilizações sociais da memória. In: Revista Brasileira de História, vol. 22, n. 44, p. 425-438, 2002.

SILVA, P. C. G da; COELHO, R. C. Cultivo da videira: caracterização social e econômica da cultura da videira. Versão eletrônica. Agosto de 2010, Acesso: 29/05/2012.

SOUZA, E. L de.; et all. Normas técnicas para o cultivo de videira em Santa Catarina. Florianópolis, 2005.

TUAN, Yi-Fu. 1975. Place: an experiential perspective. Geographical Review, 65 (2): 151-165.

Downloads

Publicado

2014-05-15

Como Citar

Grumm, C. A. F., Vieira, S. F., & de Brito, L. M. (2014). A INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO COMO POSSIBILIDADE DE UMA PRÁTICA INTEGRADORA: ESTUDO DE CASO ATRAVÉS DO RESGATE DA MEMÓRIA DA VITIVINICULTURA EM VIDEIRA, SANTA CATARINA. HOLOS, 2, 143–153. https://doi.org/10.15628/holos.2014.1975