A CONCEPÇÃO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES NOS INSTITUTOS FEDERAIS: UM ESTUDO DOS DISCURSOS POLÍTICOS

Fernanda Bartoly Gonçalves Lima, Kátia Augusta Silva

Resumo


A presente pesquisa tem como objetivo central analisar a concepção de formação de professores presentes nos discursos políticos que incidem sobre os Institutos Federais de Educação, ciência e Tecnologia (IF), abordando o entendimento desta formação e seu locus no contexto histórico, político e social. Desta forma, a base lógica da presente investigação é a dialética, entendida a partir do materialismo histórico. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica, além da busca e análise de documentos oficiais produzidos e publicados pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, que trazem concepções de formação de professores para os IF. A partir daí, se verifica que a concepção de formação de professores se aproxima das concepções pragmáticas e tecnicistas, com o trabalho em seu sentido reificado. Pondera-se que, apesar de uma concepção alinhada às necessidades do sistema capitalista, a possibilidade de formação de professores nos IF abre espaço para o desenvolvimento de ações em torno de uma concepção de formação de professores como um pesquisador crítico em direção a uma educação emancipatória.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2002.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Escassez de professores no ensino médio: propostas estruturais e emergenciais. MEC/CNE: Brasília, 2007.

______. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, 2008. Disponível em Acesso em: 03 fev. 2013.

BRZEZINSKI, Iria. Tramitação e desdobramento da LDB/1996: embates entre projetos antagônicos de sociedade e educação. Trabalho, educação e saúde. Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p. 185-206, jul./out. 2010.

CONTRIBUIÇÕES para o processo de construção dos cursos de licenciatura dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. [2009?]. Disponível em < http://portal.mec. gov.br/dmdocuments/licenciatura05.pdf> Acesso em 20 mar. 2013.

FRIGOTTO, Gaudêncio. O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. In: FAZENDA, Ivani. Metodologia da pesquisa educacional. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

GATTI, Bernardete Angelina; BARRETTO Elba Siqueira de Sá (Coords.). Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GIROUX. Henry. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

KOSIK, Karel. Dialética do concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

LIMA, Fernanda Bartoly G. de; SILVA, Kátia Augusta C. P. Cordeiro da. As licenciaturas nos Institutos Federais: concepções e pressupostos. In: ENCONTRO ESTADUAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 4, 2011, Goiânia. Disponível em Acesso em 20 de junho de 2012

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Secretaria de Educação profissional e Tecnológica. Um novo modelo de educação profissional e tecnológica: concepção e diretrizes. Brasília: SETEC/MEC, 2010. Disponível em Acesso em 20 mar. 2012.

MORAES, Maria Célia Marcondes de. Iluminismo às avessas: produção de conhecimento e políticas de formação docente. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

MOURA, Dante Henrique. A Licenciatura nos IFs: em busca de uma Identidade. In: FÓRUM NACIONAL DAS LICENCIATURAS DOS INSTITUTOS FEDERAIS, Natal, 2010. Disponível em Acesso em 15 jan. 2012.

______. A formação de docentes para a educação profissional e tecnológica. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 23, CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO, 5, COLÓQUIO IBERO-AMERICANO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO. Anais eletrônicos... Porto Alegre, 2007. Disponível em Acesso em 13 jun. 2012

SILVA, Kátia A. Curado P. Cordeiro da. Professores com formação stricto sensu e o desenvolvimento da pesquisa na educação básica da rede pública de Goiânia: realidades, entraves e possibilidades. 2008. 292 p. Tese (Doutorado em Educação) Faculdade de Educação, UFG, Goiânia, 2008.

SILVA, Caetana Juracy (org.). Institutos Federais Lei 11.892, de 29/12/2008: Comentários e Reflexões. Natal: IFRN, 2009. Disponível em Acesso em 18 mar. 2013.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2014.1987



 

HOLOS IN THE WORLD