AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE ADSORTIVA DE CARVÃO ATIVADO PARA A REMOÇÃO DE MANGANÊS

Thomaz Antônio Godoy Perilli, Dalila Chaves Sicupira, Marcelo Borges Mansur, Ana Cláudia Queiroz Ladeira

Resumo


A possibilidade de remoção de manganês contido em efluentes de mineração de elevada concentração, i.e., até 140mg/L, foi estudada através de adsorção em carvão ativado. Inicialmente, foi feito um tratamento térmico no carvão em duas temperaturas distintas, com o intuito de avaliar a importância dos sítios de adsorção no processo. Os ensaios de adsorção foram conduzidos em batelada, utilizando-se uma solução de laboratório para simular os altos níveis de manganês típicos de drenagem ácida de mina. Os resultados mostraram que os carvões tratados termicamente apresentaram queda de capacidade adsorvente. Análises da superfície específica dos materiais e do ponto de carga zero apontam para um mecanismo de quimiossorção, em acordo com o mecanismo de troca catiônica proposto em outros estudos. A decomposição de sítios ativos de adsorção durante o tratamento térmico pode explicar a redução na remoção do manganês entre os carvões tratados e o carvão in natura. Em nenhum dos casos testados a solução atingiu a concentração permitida pela legislação brasileira, de 1mg/L, sendo o melhor resultado 20mg/L.

Texto completo:

PDF

Referências


FIGUEIREDO, J.L., PEREIRA, M.F.R., FREITAS, M.M.A., ÓRFÃO, J.J. Modification of the surface chemistry of activated carbons. Carbon, v.37, p. 1379-1389, 1999.

FUERSTENAU, D.W., ROSENBAUM, J.M., YOU, Y.S. Electrokinetic Behavior of Coal. Energy &Fuels, v.2, p. 241-245, 1988.

GUILARDUCI, V.V.S., MESQUITA, J.P., MARTELLI, P.B. Adsorção de fenol sobre carvão ativado em meio alcalino. Química Nova, v.29, n.6, p. 1226-1232, 2006.

HAYASHI, J., LI, C.Z. Structure and Properties of Victorian Brown Coal. Advances in the Science of Victorian Brown Coal, Elsevier Ltd, Chapter 2, 2004.

KUHR, J.H., ROBERTSON, J.D., LAFFERTY, J., WONG,A.S. Ion Exchange Properties of a Western Kentucky Low-Rank Coal. Energy&Fuels, v.11, p. 323-326, 1997.

MADEIRA, V.S., JOSÉ, H.J., MOREIRA, R.F.P.M. Utilização de carvão adsorvente para a remoção de íons ferro em águas naturais. http://www.enq.ufsc.br, 2008.

MISHRA, S.B., MISHRA, A.K., KHAN, M.A. Decolourization of pulp and paper mill effluents using heat-treated coal: a comparison with activated charcoal. Environ. Chem. Lett., v.8, p. 231-235, 2010.

MURAKAMI, K., YAMADA, T., KAGA, K., FUDA, K., MATSUNAGA, T. Cation exchange properties of heat-treated Australian brown coal: influences of pre-exchanged calcium ions. Colloids and Surfaces, v.193, p. 153-159, 2001.

PRAHAS, D., KARTIKA, Y., INDRASWATI, N., ISMADJI, S. Activated carbon from jackfruit peel waste by H3PO4 chemical activation: Pore structure and surface chemistry characterization. Chemical Engineering Journal, v.140, p. 32-42, 2008.

SANTOS, E.A., LADEIRA, A.C.Q. Recovery of Uranium from Mine Waste by Leaching with Carbonate-Based Reagents. Envir. Science & Technology, v.45, p.3591-3597, 2011.

SICUPIRA, D.C. Remoção de manganês de drenagem ácida de mina utilizando carvão de osso. Belo Horizonte, 2012. Dissertação de Mestrado-PPGEM-UFMG, p.76, 2012.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2014.1777



 

HOLOS IN THE WORLD