SINTESE DA FASE SODALITA COM O USO DO CAULIM DA REGIÃO BORBOREMA-SERIDÓ (RN/PB) ATIVADO TERMICAMENTE

Cássia Guerra Marques Santos, Patrick Maximo Paraizo Braune Lane, Adriana Aquino Soeiro Silva, Carla Napoli Barbato, João Alves Sampaio, Francisco Manoel Santos Garrido, Fernanda Arruda Nogueira Gomes Silva

Resumo


A fase mineral sodalita foi obtida com sucesso a partir de reações hidrotérmicas com o uso de caulim proveniente da região Borborema-Seridó (RN/PB), hidróxido e carbonato de sódio. Desse modo, o caulim, com granulometria menor que 37 μm, foi tratado inicialmente em diferentes temperaturas. A calcinação foi realizada nas temperaturas de 500, 700 e 900°C com o objetivo de formar a metacaulinita. Os produtos calcinados foram submetidos à síntese hidrotermal por 1 e 4h, no qual foram utilizados Na2CO3 e NaOH. De acordo com os resultados, nos caulins calcinados a 700 e 900°C ocorreu a completa transição de fase da caulinita para a metacaulinita e, para a síntese no qual utilizou o caulim calcinado a 700°C ocorreu a formação da fase zeolítica sodalita básica caracterizada por difração de raios X e espectroscopia vibracional no infravermelho que mostrara picos e bandas intensas e definidas indicando maior cristalinidade do material.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2012.1114



 

HOLOS IN THE WORLD