ANÁLISE PEDAGÓGICA DAS PROVAS DISCURSIVAS DE MATEMÁTICA E QUÍMICA DO VESTIBULAR DA UFRN

José Everaldo Pereira, Fabia Maria Gomes Uehara, Isauro Beltran Núñez

Resumo


Esse trabalho é um recorte do livro “Aprendendo com o Vestibular da UFRN”, no qual investigamos os erros e dificuldades de aprendizagem nas questões objetivas e discursivas das provas de Química, Biologia, Física e Matemática do processo seletivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Apresentamos, neste estudo, uma análise do desempenho dos candidatos nas questões discursivas de Matemática e Química em que estes obtiveram as menores notas, buscando conhecer quais os processos mentais e as habilidades que mobilizam os conceitos, as dificuldades e as concepções alternativas associadas às aprendizagens. A análise dos erros e dificuldades de aprendizagem dos candidatos pode ser uma via para a desmistificação de algumas das concepções do senso comum pedagógico de professores de Ciências e de Matemática, que admitem como natural o fracasso na aprendizagem dessas disciplinas. Entendemos que as dificuldades devem ser objeto de uma reflexão crítica, para que, relacionadas com as dificuldades próprias da natureza das disciplinas, possam levantar hipóteses sobre as causas dos erros cometidos pelos estudantes. Quando tomadas como objeto de estudo, essas informações possibilitam aos estudantes aprenderem com os erros; e, aos professores, ensinarem orientados para reconhecer o erro como necessário durante o processo de aprendizagem. Esse tipo de análise é fundamental quando se pensa no caráter formativo do vestibular, não se percebendo este apenas como um processo de seleção dos candidatos que conseguem conquistar uma vaga na UFRN.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2012.878



 

HOLOS IN THE WORLD