CAMADAS DE COBERTURA METANOTRÓFICAS COMO ALTERNATIVAS PARA GERENCIAMENTO DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM ATERROS SANITÁRIOS

Autores

  • Régia Lúcia Lopes
  • José Fernando Thomé Jucá
  • Maria Odete Holanda Mariano
  • Felipe Jucá Maciel

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2010.461

Resumo

Os aterros sanitários representam uma fonte potencial de geração de gases de efeito estufa (GEE) para atmosfera, causada por sistemas inadequados de coleta e tratamento do biogás e emissões descontroladas pelas camadas de cobertura. Nos últimos anos tem sido pesquisadas camadas de cobertura que favorecem a oxidação do metano, nos casos onde a captação e exploração desse biogás não sejam economicamente viáveis. Neste sentido, as camadas de cobertura mais conhecidas são as denominadas metanotróficas, que funcionam com base em determinadas características do solo, presença de metano e micro-organismos, de forma a oxidar esse gás ao longo do perfil do solo. Esse trabalho apresenta os resultados do estudo realizado na camada de cobertura do tipo metanotrófica implantada na Célula Experimental localizada no Aterro da Muribeca, Recife-PE. A metodologia utilizada para na análise de emissões de biogás foi baseada em ensaios de campo para determinação do fluxo de metano e gás carbônico. Além disso, foram feitas medidas de concentração desses gases a cada 10 cm, desde a interface solo/resíduo até a superfície, e coletadas amostras de solo para avaliar a influência das características físico-químicas do material na retenção e/ou oxidação do metano. Os resultados têm demonstrado uma emissão de metano variando de 0 a 151,95 g/m2.dia e uma redução da concentração de metano baseada na relação entre CO2 e CH4, variando de 34% a 100%, desde a interface solo/resíduos até a superfície. Dessa forma, as camadas do tipo metanotrófica ou oxidativas têm sido mais recentemente, utilizadas como alternativas às camadas convencionais de solo compactado, para o gerenciamento de emissões de gases de efeito estufa em aterros sanitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

27/11/2010

Como Citar

Lopes, R. L., Jucá, J. F. T., Mariano, M. O. H., & Maciel, F. J. (2010). CAMADAS DE COBERTURA METANOTRÓFICAS COMO ALTERNATIVAS PARA GERENCIAMENTO DE GASES DE EFEITO ESTUFA EM ATERROS SANITÁRIOS. HOLOS, 4, 3–18. https://doi.org/10.15628/holos.2010.461

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)