FENOLOGIA & CRESCIMENTO DE ESPÉCIES ACUMULADORAS DE FÓSFORO NA AMAZONIA

Autores

  • Patricia Chaves de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2010.440

Resumo

A caracterização da fenologia de espécies potencialmente acumuladoras de fósforo (P) em tecidos foliares como Neea macrophylla e Cecropia palmata e não acumuladora de fósforo Casearia arborea é fundamental para a compreensão do particionamento do P ao longo dos diferentes compartimentos das plantas e em períodos específicos do ano. A compreensão da fenologia pode nos permitir temporalizar a quantidade e a qualidade do litter anual produzido por tais espécies em função da atividade e intensidade das fenofases. Da mesma forma a Análise Quantitativa de Crescimento Foliar pode vir a justificar Taxas Fotossintéticas e Eficiências Fotossintéticas no Uso do P (EFUP) através da determinação de Área Foliar Específica (AFE), Razão de área Foliar (RAF) e Razão de Peso Foliar (RPF). Os resultados demonstraram que as três espécies apresentaram 100% de atividade das fenofases revelando certo sincronismo dentro de cada espécie, mas não entre as mesmas conferindo certa heterogeneidade na floresta secundária estudada. Foi observada uma tendência de aumento da Taxa Fotossintética com o aumento da Área Foliar Específica das espécies, embora Casearia arborea tenha mantido baixa AFE e alta Taxa Fotossintética. Cecropia palmata foi a espécie que precisou de maior área foliar para produção de 1gr de Matéria seca enquanto Casearia foi a mais eficiente, pois menor quantidade precisou. A RPF foi o melhor parâmetro para contextualizar a EFUP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

21/09/2010

Como Citar

de Oliveira, P. C. (2010). FENOLOGIA & CRESCIMENTO DE ESPÉCIES ACUMULADORAS DE FÓSFORO NA AMAZONIA. HOLOS, 3, 37–45. https://doi.org/10.15628/holos.2010.440

Edição

Seção

ARTIGOS