CULTURA DA MANDIOCA: ESTUDO DE CASO NO AGRESTE POTIGUAR À LUZ DOS RELACIONAMENTOS INTER ATORES

Autores

  • Richard Medeiros de Araújo Professor do UNIFACEX
  • Sebastião Arruda Junior CONAB

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2013.1276

Resumo

: A partir da realização de pesquisas bibliográfica e empírica analisamos o desencadear pretérito da atividade mandioqueira no Mundo e no Agreste Potiguar, asseverando que tal atividade exerceu a função primordial de cultura de subsistência no processo de formação do território agreste, apresentando-se, assim, importante para a sobrevivência de grande parte dos agrestinos. Após a realização de pesquisa bibliográfica e de pesquisa de campo, a qual foi desencadeada, numa perspectiva qualitativa, constituindo-se em dados e observações feitas no espaço agrícola do plantio da mandioca no mundo e sobretudo no Agreste Potiguar e em entrevistas realizadas junto a produtores de mandioca, proprietários e trabalhadores de casas ou de indústrias de farinha do referido território, chega-se à conclusão de que a modernização da agricultura no Brasil, propagadora de elementos ditos “novos”, é um processo que não pode ser considerado como sinônimo de desenvolvimento, pois gera e/ou intensifica graves problemáticas que perpassam histórica e estruturalmente a sociedade nacional. Isso também pode ser afirmado no tocante à modernização da atividade mandioqueira no Agreste Potiguar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Richard Medeiros de Araújo, Professor do UNIFACEX

Doutor em administração do PPGA/UFRN

Sebastião Arruda Junior, CONAB

Especialista em Agronegócios pela UFPE

Referências

ABAM – Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca. Paranavaí, 2008. Disponível em: < http://www.abam.com.br/> Acesso em: 25 de out. de 2011.

ABAM – Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca. Produção de amido por Estado 2003. Disponível em: <http://www.abam.com.br/prod_amido_est _2003.php>. Acesso: 6 nov. 2011.

ANDRADE, C.A.S.A. Percepção ampliada da cadeia produtiva: as contribuições da teoria dos custos de transação e da análise de redes sociais. Anais... Encontro Nacional de Engenharia de Produção, XXII. Curitiba: [s.n.], 2002.

ANDRADE, M.C. de. O planejamento urbano e as pequenas cidades do Nordeste. Revista de Geografia, Recife, UFPE, 7 (1), jan. /jul. 1991.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BARROS, G.S. de C (coord.). Melhoria da competitividade da cadeia agroindustrial de mandioca no Estado de São Paulo. São Paulo: SEBRAE; Piracicaba, SP: ESALQ: CEPEA, 2004.

BRITO, C. Algumas observações sobre o conceito de território. Ágora, Santa Cruz do Sul, v. 11, n. 2, p. 115-131, jul./dez. 2005.

CARDOSO, C.E.L. Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil. 2004. Tese (Doutorado em Ciências) – Universidade de São Paulo, Piracicaba.

CARDOSO, C. E. L.; SOUZA, J. da S. Aspectos agro-econômicos da cultura da mandioca: potencialidades e limitações. Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 1999. (Embrapa Mandioca e Fruticultura. Documentos, 86).

CARDOSO, C. E. L.; SOUZA, J. da S. Aspectos econômicos. In: MATTOS, P. L. P de.; GOMES, J de. C. (Coord.). O cultivo da mandioca. Cruz das Almas, BA: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2003. (Circular Técnica n° 37).

CASTRO, A. M. G.; LIMA, S. M. V.; HOEFLICH, V. A. Curso sobre prospecção de cadeias produtivas. Florianópolis: UFSC, Embrapa, Senar, 2000.

COSTA, I.R.S.; SILVA, S. de O. Coleta de germoplasma de mandioca no nordeste (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Revista Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas, v.11. n. 1, p. 19-27, 1992.

EMBRAPA. Sistemas de produção de mandioca. Disponível em Acesso em: 10 ago. 2011.

FAO – Food and Agriculture Organization of the United Nations. Roma (Itália), 2011. Base de dados estatísticos. FAOSTAT – Agricultura. Disponível em: <http://faostat.fao.org/faostat/collections?subset=agriculture> Acesso em 05 de dez de 2011.

FERREIRA FILHO, J. R. Efeito da adubação orgânica e densidade populacional na cultura da mandioca em solo de tabuleiro. Revista Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas, v.16. n. 1, 1997.

FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa. 2 Ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

IBGE -. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA. Rio de Janeiro : IBGE, 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em 1 dez.2011.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Sistema IBGE de recuperação automática (SIDRA): Agreste Potiguar. Disponível em: <http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/territorio/unit.asp?codunit=6148&z=t&o=4&i= >. Acesso em: 03 nov. 2011.

KIDDER, Louise H. (org.). Métodos de pesquisa nas relações sociais. 2. ed. São Paulo:

EPU, 1987

LEFEBVRE, H. La production de l’espace. Tradução do Grupo “As (im)possibilidades do urbano na metrópole contemporânea”, do Núcleo de Geografia Urbana da UFMG. 4ª Ed. Paris: Éditions Anthropos, 2000.

LOCATEL, C.D. Modernização da agricultura, políticas públicas e ruralidade: mudanças e permanências na dinâmica rural das microrregiões de Jales e Fernandópolis – SP. 2004. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente.

LORENZI, J. O.; OTSUBO, A.A.; MONTEIRO, D. A; VALLE, T. L. Aspectos fitotécnicos da mandioca em Mato Grosso do Sul. In: OTSUBO, A.A.; MERCANTE, F. M.; MARTINS, C. de S. (Coord.). Aspectos do Cultivo da Mandioca em Mato Grosso do Sul. Dourados/Campo Grande: Embrapa Agropecuária Oeste/UNIDERP, 2002.

MARX, K. Contribuição à crítica da economia política. Tradução de Maria Helena Barreiro Alves. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos e outros textos escolhidos. Seleção de textos de José Arthur Giannotti. Traduçõe s de José Carlos Bruni et al. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

MATTAR, Fauze Nagib. Pesquisa de marketing: vol. 2. São Paulo: Atlas, 2004.

MELO, M.L. de. (coord.). Os Agrestes: estudo dos espaços nordestinos do sistema gado-policultura de uso de recursos. Recife: SUDENE, 1980.

MICHELS, I. (coord.); CARVALHO, M.C. ; MENDONÇA, C.G. Mandioca. Campo Grande: Editora da UFMS, 2004.

PAULA PESSOA, P.F.A. de; LIMA, L.A. de; PIMENTEL, C.R.M. Economicidade de algumas tecnologias para a cultura da mandioca. Fortaleza: Embrapa/CNPCa, 1998.

SALVADOR, D.S.C. de O. A Modernização da Atividade Mandioqueira do Agreste Potiguar, Natal: Mercator, v. 9, 2010.

SAMPAIO, A. O.; FERREIRA FILHO, J. A.; ALMEIDA, P. A. de. Cultivo consorciado de mandioca para alimentação animal. Revista Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas (BA), v.13, n.1, mar. 1994.

SANTOS, M. ; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 2001.

SANTOS, M. O retorno do território. In: SANTOS, M.; SOUZA, M. A. A. de. ; SILVEIRA, M. L. Território: globalização e fragmentação. São Paulo: Hucitec, ANPUR, 1996.

SILVEIRA, M. L. Território: globalização e fragmentação. São Paulo: Hucitec, ANPUR, 1996.

SANTOS, M. Por uma Geografia Nova: da crítica da Geografia a uma Geografia Crítica. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa. Mandioca no Rio Grande do Norte: raiz do Desenvolvimento. Natal, 2006. Disponível em: http://201.2.114.147/bds/BDS.nsf/EDC80BAFB4D3439A832574C600505D71/$File/NT00038E2A.pdf. Acesso em 14 dez 2011.

SILVA, L.C. da. Cadeia Produtiva de Produtos Agrícolas. Boletim Técnico; n.1, abr. 2005. Disponível em: <http://www.agais.com/manuscript/ms0105.pdf>. Acesso em: 20 out. 2011.

SIMÃO, S, A (Coord.). Cadeia produtiva agroindustrial da mandioca: Mato Grosso: diagnóstico – Cuiabá: SEBRAE, UNIVAG; Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, 2003.

SINGER, P. O capitalismo: sua evolução, sua lógica e sua dinâmica. São Paulo: Moderna, 1987.

SOUZA, L. D.; SOUZA, L da. S. Clima e solo. In: MATTOS, P. L. P de.; GOMES, J de. C. (Coord.). O cultivo da mandioca. Cruz das Almas, BA: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2000a. (Circular Técnica n° 37). p. 11-13.

VILPOUX, O. A cadeia de mandioca no Brasil. Campo Grande: SEBRAE-MS, 2006.

Downloads

Publicado

10/12/2013

Como Citar

Araújo, R. M. de, & Junior, S. A. (2013). CULTURA DA MANDIOCA: ESTUDO DE CASO NO AGRESTE POTIGUAR À LUZ DOS RELACIONAMENTOS INTER ATORES. HOLOS, 6, 52–72. https://doi.org/10.15628/holos.2013.1276

Edição

Seção

ARTIGOS