TRANSMISSÃO DO CONHECIMENTO DE ALGUMAS ZOONOSES PARA ALUNOS DE ESCOLAS PÚBLICAS NOS MUNICÍPIOS DE APODI, FELIPE GUERRA E SEVERIANO MELO

Autores

  • Faviano Ricelli da Costa Moreira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Najara Raquel Lima Morais Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Francisca Leandra Morais Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Jaqueline Cardoso Souza Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Maria Saúde Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Francisco Pereira Costa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi
  • Jéssica Karla Góis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2013.1077

Resumo

O presente trabalho objetivou avaliar o conhecimento de alunos da rede pública de ensino sobre algumas Zoonoses, através de palestras ministradas por alunos do curso de Técnico em Zootecnia. Foram aplicados 677 questionários para alunos de escolas públicas de Apodi, Felipe Guerra e Severiano Melo. Os questionários foram aplicados antes e após as palestras. Os dados foram discutidos através de uma análise descritiva. Os principais resultados demonstraram que os conteúdos relativos à transmissão e prevenção de algumas zoonoses foram fixados. Antes das palestras 20,8% dos alunos conheciam o conceito de Zoonoses e após, esse percentual passou para 88,3%. Houve um aumento no conhecimento da forma de transmissão da Larva migrans, Toxoplasmose e Leptospirose, onde antes das palestras o percentual era de 91,8, 1,9 e 29,4% e após as apresentações foi de 100,0, 57,8 e 72,4%, respectivamente. Para a forma de transmissão das Verminoses, o percentual de fixação do conhecimento não foi alterado, de maneira significativa, antes (86,5%) e após (87,9%) as palestras. Como conclusão, tem-se que a metodologia de palestras para alunos da rede pública de ensino é uma ferramenta que pode ser utilizada como forma de educação e prevenção de doenças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Faviano Ricelli da Costa Moreira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Departamento Acadêmico, Curso Técnico em Zootecnia

Najara Raquel Lima Morais, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Francisca Leandra Morais Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Jaqueline Cardoso Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Maria Saúde Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Francisco Pereira Costa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Jéssica Karla Góis, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, câmpus Apodi

Discente do curso técnico em Zootecnia

Referências

ALEIXO, N. C. R.; SANT’ANNA NETO, J. L. Percepção e riscos, abordagem socioambiental do processo saúde-doença. Mercator, v. 10, n. 22, p. 191-208, 2011.

ALMEIDA, J. C. et al. Percepção sobre Zoonoses de Professores e Agentes Comunitários de Saúde do Município de Quatro Barras PR. In: IV CONGRESSO LATINO AMERICANO, X CONGRESSO BRASILEIRO DE HIGIENISTAS DE ALIMENTOS, III ENCONTRO DE CENTROS DE CONTROLE DE ZOONOSES E II ENCONTRO DO SISTEMA BRASILEIRO DE INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL., 2009, Florianopólis. Anais... Revista Higiene Alimentar. São Paulo : DPI Estudio e Editora Ltda., 2009. v. 23. p. 602-603.

ALMEIDA FILHO, N.; ROUQUAYROL, M. Z. Introdução à epidemiologia. 3. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2002, 293 p.

AMARAL, C.H; ALMEIDA, J. C; MARINHO, A.P; SOUZA, C.M. et al. Conceito de Zoonoses em Alunos de Ensino Básico de Piraquara, Área de Proteção Ambiental da Região Metropolitana de Curitiba. In: IV Congresso Latino Americano, X Congresso Brasileiro de Higienistas de Alimentos, III Encontro de Centros de Controle de Zoonoses e II Encontro do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal., 2009, Florianopólis. Revista Higiene Alimentar. São Paulo : DPI Estudio e Editora Ltda., 2009. v. 23. p. 476-477.

ARAÚJO, F.A.P., TEIXEIRA, M.C. Toxoplasmose. In: Manual de Zoonoses. Programa de Zoonoses região Sul, v. 1, 2ª ed., p.128-141, 2010.

ÁVILA-PIRES, F. D. Zoonoses: hospedeiros e reservatórios.Cad. Saúde Pública, v.5, n.1, p. 82-97, 1989.

BALASSIANO, I.T. et al.Aspectos Clínicos de Leptospirose Anictérica em Plantador de Arroz na Região Sul do Brasil.Revista de Saúde, v. 2, n. 1, p. 61-66, 2011.

BALTAZAR, C., CORREA, T.P., FERNANDES, I.B., DIAS, R.A., FERREIRA, F. PINHEIRO, S.R. Formação de multiplicadores na área de saúde pública e higiene de alimentos. Rev. Ciênc. Ext.v.1, n.1, p.79, 2004.

BARCELLOS, C. et al. Distribuição espacial da leptospirose no Rio Grande do Sul, Brasil: recuperando a ecologia dos estudos ecológicos. Cad. Saúde Pública, v.19, n.5, p.1283-1292, 2003.

BELATTO, V. Larva migrans cutânea e visceral. In: Manual de Zoonoses. Programa de Zoonoses região Sul, v. 1, 2ª ed., p.56-67, 2010.

BEZERRA, F.S.M., OLIVEIRA, M.F., MIRANDA, A.L.L., PINHEIRO, M.C.C., TELES, R.M.A. Incidência de parasitos intestinais em material sub-ungueal e fecal em crianças da Creche Aprisco - Fortaleza, CE.Revista Brasilerira de Análises Clínicas, v.35, n.1, p.39-40, 2003.

BRASIL, Ministério da Saúde. Guia de vigilância epidemiológica. Brasília, DF, 2002a, p.502-520.

BRASIL. Fundação Nacional de Saúde. Manual de controle de roedores. Brasília, DF, 2002b. 132 p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Vigilância Epidemiológica, 2011.

CAPUANO D.M., ROCHA G.M. Environmental contamination by Toxocara sp eggs in Ribeirão Preto, São Paulo State, Brazil.Rev. Inst. Med. Trop.,v.47, n.4, p.223-226, 2005.

COIRO C.J. et al. Fatores de risco para leptospirose, leishmaniose, neosporose e toxoplasmose em cães domiciliados e peridomíciliados em Botucatu-SP. Vet. e Zootec., v.18, n.3, p. 393-407, 2011.

CORDEIRO, T.G.P., MACEDO, H.W. Amebíase.Revista de patologia tropical, v. 36, n.2, p. 119-128, 2007.

COSTA, E. et al.Formas graves de leptospirose: aspectos clínicos, demográficos e ambientais.Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v.34, n.3, p. 261-267, 2001.

COSTA, S.S., SILVA, B.F.P., MORAIS, A.F.C., WANDERLEY, F.S.Ocorrência de parasitas intestinais em material subungueal e fecal em crianças de uma creche no município de Maceió – Alagoas. Pediatria, v.31, n.3, p.198-203, 2009.

FENSTERSEIFER, L.M., WIEST, J.M. Autocuidado em Zoonoses (Nota prévia).Arq. Fac. Vet. UFRGS, v. 14, p. 17-21, 1986.

GUIMARÃES, A. M, ALVES, E.G.L., REZENDE, G.F., RODRIGUES, M.C. Ovos de Toxocara sp. e larvas de Ancylostoma sp. em praça pública de Lavras, MG.Revista de Saúde Pública, v. 39 n. 2, p. 293-295, 2005.

LANGONI, H. Zoonoses and human beings. Journal of Venomous Animal and Toxins including Tropical Diseases, v.10, n.2, p. 111-111. 2004.

LIMA, F. F.; KOIVISTO, M. B.; PERRI, S. H. V.; BRESCIANI; K. D. S.; O conhecimento de idosos sobre parasitoses em Instituições não governamentais do município de Araçatuba, SP.Rev. Ciênc. Ext. v.4, n.1, p.83, 2008.

LIMA, A.M.A., ALVES, L.C., FAUSTINO, M.A.G., LIRA, N.M.S. Percepção sobre o conhecimento e profilaxia das zoonoses e posse responsável em pais de alunos do pré-escolar de escolas situadas na comunidade localizada no bairro de Dois Irmãos na cidade do Recife (PE).Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, Supl. 1, p.1457-1464, 2010.

MACHADO, F. M. E.; COELHO, H. E.; REZENDE, R. S. Plano de ação para o controle da leptospirose no Zoológico municipal de Uberaba-MG.Biosci. J.,v. 26, n. 6, p. 981-989, 2010.

MINISTÉRIO DA SAÚDE.Situação epidemiológica das zoonoses de interesse para a saúde pública.Boletim eletrônico Epidemiológico, Ano 10, n. 2, 2010. Disponível em: www.saude.gov.br/svs Acesso em: 27 nov 2011.

MOREIRA, J.O. Leptospirose humana no município de Fortaleza: abordagens sócio-ambiental. 2006. 100 p.Dissertação - Universidade Federal do Ceará, 2006.

MORIKAWA, V.M. Leptospirose. In: Programa de Zoonoses região Sul. Manual de Zoonoses. Curitiba-PR: 2ª ed., v. 1, 2010, p.91-99.

NUNES, E.R.C., ALMEIDA, D.B., GONÇALVES, M.A., SILVA, M.R. et al. Percepção dos idosos sobre o conhecimento e profilaxia de zoonoses parasitárias. In: IX JORNADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (IX JEPEX), UFRPE, 3p. 2009

OLIVEIRA, E.A.; SOUZA, P.S.; SILVA, M.C.P.; et al. Educação de crianças para um convívio pacífico com morcegos e prevenção da Raiva no município de Guaraqueçaba – Paraná–Brasil. Universidade Federal do Paraná. Disponível em: http://www.zoonoses.agrarias.ufpr.br/outraspubl/2008_CCZ_AUGM.pdf. Acesso em: 21/09/09.

OLIVEIRA, W.S., CONCEIÇÃO, A.M., BASTOS, N.M.A., SOARES, C.R.P. et al.Avaliação do conhecimento prévio dos alunos ingressantes no curso de licenciatura plena em ciência biológicas da UFRPE sobre zoonoses. In: X JORNADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (X JEPEX) UFRPE, 3p., 2010.

SANTOS, N. et al.Infestação por roedores no ambiente urbano: o papel das deficiências ambientais na transmissão da leptospirose.In: III CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ECOLOGIA, 2009, São Lourenço – MG. Anais... São Lourenço – MG, 2009, 4 p.

SILVA NETO, E.J., MANGUEIRA, S.O., FREITAS, S.V. et al.Educação popular como meio de prevenção de zoonoses. In: Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, João Pessoa:EDUFPB, 5 p., 2002.

TOME, R. O.; SERRANO, A. C. M.; NUNES, C. M.; PERRI, S. H. V.; BRESCIANI, K. D. S. Inquérito epidemiológico sobre conceitos de zoonoses parasitárias para professores de escolas municipais do ensino infantil de Araçatuba-SP.Rev. Ciênc. Ext. v.2, n.1, p.46, 2005.

VERAS, F.M.F., ROUQUAYROL, M.Z., GOMES, I.L.P. Estudo epidemiológico dos casos de leptospirose registrados em Fortaleza na epidemia de 1985. Rev. Med. Univ. Fed. Ceará, v.25, n. ½, p. 55-62, 1987.

Downloads

Publicado

21/05/2013

Como Citar

Moreira, F. R. da C., Morais, N. R. L., Oliveira, F. L. M., Souza, J. C., Lima, M. S., Costa, F. P., & Góis, J. K. (2013). TRANSMISSÃO DO CONHECIMENTO DE ALGUMAS ZOONOSES PARA ALUNOS DE ESCOLAS PÚBLICAS NOS MUNICÍPIOS DE APODI, FELIPE GUERRA E SEVERIANO MELO. HOLOS, 2, 66–78. https://doi.org/10.15628/holos.2013.1077

Edição

Seção

ARTIGOS