DETERMINAÇÃO DAS DIMENSÕES DE UM BIODIGESTOR EM FUNÇÃO DA PROPORÇÃO GÁS/FASE LÍQUIDA

Deyvid da Silva Ribeiro

Resumo


Devido ao risco de contaminação ambiental através da má manipulação dos excrementos animais produzidos pela pecuária, se faz necessário buscar alternativas eficientes e de baixo custo para resolver este problema. Entre as diversas soluções, FAO (1995) recomenda o Biodigestor como uma alternativa viável e prática. Entre os benefícios gerados pelo o biodigestor podemos citar: produção de biogás, descontaminação biológica e química dos dejetos animais e a geração de biofertilizante (CIPAV, [2004?]; Fregoso et al, 2001; Marchaim, 1992; Botero e Preston, 1986). Por tanto, esse presente trabalho foi realizado com o objetivo de determinar as dimensões de um biodigestor tubular em função da proporção gás/fase líquida desejada. Para esse fim, foram utilizadas as recomendações de Ribeiro (2004), o Raciocínio Lógico-Matemático e os programas EXCEL 2007 e AutoCAD 2009 que foram utilizados para auxiliar nos cálculos e nas simulações de campo. Os modelos encontrados demonstraram 100% de exatidão no que se refere ao dimensionamento e 100% de aplicabilidade em campo para biodigestores com proporções gás/fase líquida menores a 40%.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2011.269



 

HOLOS IN THE WORLD