Salinidade da Água e Biofertilizante Bovino: Efeito sobre a Biometria do Pimentão

Vinícius Batista Campos, Lourival Ferreira Cavalcante

Resumo


Objetivou-se avaliar o efeito da salinidade da água de irrigação e biofertilizante bovino no comportamento vegetativo do pimentão, cultivar “All Big”. O experimento foi conduzido em abrigo telado, utilizando como substrato material dos primeiros 10 cm de um Latossolo Amarelo Distrófico, acondicionado em vasos de 3 L, adotando-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5x2 correspondente a condutividade elétrica da água (0,5; 1,0; 2,0; 3,0 e 4,0 dS m-1), na ausência e presença de biofertilizante bovino aplicado ao solo na forma líquida, diluído em água na proporção de 1:1. Aos 60 dias após a semeadura, a salinidade da água de irrigação influenciou negativamente a altura das plantas, número de folhas e área foliar do pimentão, contudo, em menor intensidade às plantas submetidas ao biofertilizante bovino. Apenas o diâmetro do caule não foi afetado pelos sais presentes na água de irrigação, mas essas plantas apresentaram diâmetro superior quando tratadas com o insumo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2009.233



 

HOLOS IN THE WORLD