AVALIAÇÃO E DEVOLUTIVA: ELEMENTOS INDISSOCIÁVEIS NO CONTEXTO DO ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA

Cristiane Maravelli Fioravanzo, Almir Martins Vieira, José Alberto Carvalho dos Santos Claro

Resumo


O EaD tem sido alvo de interesse de diversos pesquisadores com o intuito de oferecer alternativas e incremento nos processos de ensino, aprendizagem e extensão universitária. O presente estudo analisa a importância da devolutiva das atividades nesta modalidade de ensino. Relacionaram-se as formas de devolutivas com o modelo de superação bancária defendido por Paulo Freire. Chegou-se a algumas vertentes positivas em EaD que contribuem na abordagem da devolutiva e interação do conteúdo das avaliações. A estratégica metodológica foi um estudo de caso único. Seu protocolo consistiu na análise de amostra de 157 alunos do ensino a distância de uma instituição privada de ensino superior localizada no estado de São Paulo e que abrange todo o Brasil. O instrumento de coleta de dados foi composto por 26 afirmativas relativas baseadas em quatro constructos aplicados: aula-atividade, prova integrada presencial, planejamento semanal e fórum de dúvidas. A análise confirmou a importância da devolutiva de acordo com a perspectiva do alunado. Possibilitou ainda, identificar a relação da importância da devolutiva com o modelo Democratização, Autonomia nos estudos e Relação professor-aluno menos hierarquizada.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L.; MARINHO-ARAUJO, C. M.; AMARAL, A.; DIAS, D. Democratização do acesso e do sucesso no ensino superior: uma reflexão a partir das realidades de Portugal e do Brasil. Avaliação, v. 17, n. 3, p. 899-920, nov 2012.

ARIEIRA, J. O.; DIAS-ARIEIRA, C. R.; FUSCO, J. P. A.; SACOMANO, J. B.; BETTEGA, M. O. DE P. Avaliação do aprendizado via educação a distância: a visão dos discentes. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., v. 17, n. 63, p. 313-340, 2009.

BELUCE, A. C.; OLIVEIRA, K. L. As estratégias de ensino e de aprendizagem em condições de ensino online. Hipertextus, n. 9, p. 1-16, dez 2012.

BENFATTI, E. F. S. S.; STANO, R. C. M. T. Utilização da tecnologia em Educação a Distância na formação de engenheiros de produção da Universidade Federal de Itajubá: uma avaliação educacional. Gest. Prod., v. 17, n. 2, p. 433-446, 2010.

BERTOLIN, J. C. G.; DE MARCHI, A. C. B. Instrumentos para avaliar disciplinas da modalidade semipresencial: uma proposta baseada em sistemas de indicadores. Avaliação, v. 15, n. 3, p. 131-146, nov 2010.

BRASIL. Ministério da Educação (MEC). Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Resumo Técnico: Censo da Educação Superior 2009. Brasília: INEP, 2010. Disponível em: Acesso em: 10 mar. 2011.

BRASIL. Portal MEC. Ministério da Educação. Legislação de educação a distância.2007. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2011.

BRAUER, M.; ALBERTIN, A. L. Resistência à Educação a Distância na Educação Corporativa. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 34. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2010.

CALDAS, C. B.; SOMENSARI, P.; COSTA, S. N.; SIQUEIRA, M. M. M.; CLARO, J. A. C. S. Satisfação e Engajamento no Trabalho Entre Docentes Temáticos e Auxiliares do Ensino à Distância (EAD) de Uma Universidade Privada Brasileira. Simpósio de Pesquisa e Ensino em Administração - SimPEAD, 1. Anais... São Paulo (SP): PUC-SP, 2012.

CARVALHO, M. C.; SILVA, F. M.; COSTA, C. F.; RHODEN, M. I. S. Aprendizagem Organizacional a partir das Práticas de Educação a Distância da EA/UFRGS. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 34. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2010.

CARVALHO, R. S.; ABBAD, G. Avaliação de Treinamento a Distância: Reação, Suporte à Transferência e Impactos no Trabalho. RAC - Revista de Administração Contemporânea, v. 10, n. 1, p. 95-116, 2006.

CAVALCANTI JÚNIOR, H. S. B.; FERRAZ, I. N. Uma análise da pesquisa sobre educação a distância nos periódicos brasileiros de Administração (2002-2011). Gestão & Regionalidade, v. 29, n. 85, p. 93-104, 2013.

CLEMENTINO, A.; AJOURI, Y. R.; SOUZA, D. B.; FERNANDES, W. S.; DUTRA, S. R. A Educação a Distância no Ensino Superior Brasileiro: Uma Visão Geral. Revista Científica Hermes, v. 6, p. 6-15, 2012.

DEMO, P. Aula não é necessariamente aprendizagem. Revista Ensaio (CESGRANRIO), n. 43, p. 1-22, 2003.

FÉLIX. Efeitos da burocracia na avaliação da Educação Superior. Holos, ano 29, v. 6, p. 132–148, 2013.

FREIRE, P.. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 33 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P.. Pedagogia do Oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREITAS, C. C. R. A função social do professor: concepções em conflito. Trabalho Necessário, v. 10, n. 15, p. 1-20, 2012.

FROTA, G. B.; TEODÓSIO, A. S. S. Profissão docente, profissão decente?: Estratégias de professores frente ao sofrimento no trabalho em um ambiente de inovação pedagógica. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 36. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2012

GHEDINE, T.; TESTA, M. G.; FREITAS, H. M. R. DE. Educação a distância via internet em grandes empresas brasileiras. RAE-revista de administração de empresas, v. 48, n. 4, p. 49-63, 2008.

GODOY, A.S. Estudo de caso qualitativo. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. D.. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais: Paradigmas, Estratégias e Métodos. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2006, cap. 4, p. 115-145.

GOMES, L. F. EAD no Brasil: Perspectivas e Desafios. Avaliação, v. 18, n. 1, p. 13-22, mar 2013.

JEANNOT, F.; JOLIBERT, A. La distance temporelle, la simulation mentaleet le processusd’adoptiond'innovationstechnologiques complexes. Rechercheet Applications en Marketing, v. 28, n. 1, p. 70-91, 11 abr 2013.

KEYS, B.; WOLFE, J. The Role of Management Games and Simulations in Education and Research. Journal of Management, v. 16, n. 2, p. 307-336, 1990.

KLERING, L. R.; SCHRÖEDER, C. DA S. Desenvolvimento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem à luz do Enfoque Sistêmico. TAC - Tecnologia em Administração e Contabilidade, v. 1, n. 2, p. 42-54, 2011.

LAGUARDIA, J.; PORTELA, M. C.; VASCONCELLOS, M. M. Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, v. 33, n. 3, p. 513-530, 2007.

LANDIM, C. M. M. P. F. Educação à distância: algumas considerações. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.

LEITE, D.; LEITE, M. C. L.; GENRO, M. E. H. et al. Avaliação participativa online e off-line. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), v. 12, n. 3, p. 445-460, set 2007.

LIMA, M. V. A. DE; SOARES, T. C.; DELBEI, L. H. H.; BACKER, C. C. Fatores Críticos de Sucesso na Educação Superior Brasileira. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, v. 5, n. 3, p. 245-263, dez 2012.

MALULEQUE, C.; COSTA, N. Avaliação online das Aprendizagens na Licenciatura em Gestão de Negócios na Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique): do diagnóstico da situação à apresentação de uma proposta de intervenção. Indagatio Didactica, v. 4, n. 4, p. 62-84, dez 2012.

MARQUES, M. C. S.; EGRY, E. Y.; SILVA, M. B. et al.Tele-education and Competencies Assessment to Brazilian’s auxiliary nurse. Ver Esc Enferm USP, v. 41, n. Esp, p. 841-846, 2007.

MARTINELLI, D. P.. A Utilização de Jogos de Empresas no Ensino da Administração, Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Universidade de São Paulo. São Paulo. 1987. 262 p.

MATTOS, A. C. Empregos e empresas que mudarão com a internet. RAE-revista de administração de empresas, v. 39, n. 3, p. 73-108, 1999.

MONDADORI, M. G.; SCHRÖEDER, C. S.; RUAS, R. L. Contribuições Teórico-Empíricas para a Avaliação Formativa em Comunidades Virtuais de Aprendizagem: o Caso de um Curso de Graduação em Administração a Distância. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 32. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set. 2008.

NOVAIS, S. M.; FERNANDES, A. S.. A Institucionalização do ensino a distância no Brasil: um o caso da graduação em administração na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Revista de Ciências da Administração, v. 13, n. 29, p. 152–172, jan. /abr. 2011.

OLIVEIRA, G. P. DE. Estratégias multidimensionais para a avaliação da aprendizagem em cursos on-line. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., v. 18, n. 66, p. 105-138, 2010.

PEDROSA, S. M. P. A.; MAMEDE-NEVES, M. A. C. O “Jovem ProUni” e as tecnologias de informação e comunicação. R. bras. Est. pedag., v. 93, n. 233, p. 135-146, 2012.

QUINTANA, A. C.; QUINTANA, C. G. A execução das tarefas virtuais no contexto da educação a distância: um estudo em um curso de graduação em administração. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, v. 5, n. 2, p. 277-297, ago 2012.

RAUSCH, R. B.; SILVA, M. Z.;THEISS, V. Avaliação Formativa no Processo Ensino e Aprendizagem na Educação Superior: Um Estudo de Caso Realizado na Disciplina de Matemática Financeira. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 36. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2012.

RIVARD, S.; LAPOINTE, L. A multilevel model of resistance to information technology implementation. MIS Quarterly, v. 29, n. 3, p. 461-469, 2005.

ROSA, M.; MALTEMPI, M. V. A avaliação vista sob o aspecto da educação a distância. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., v. 14, n. 50, p. 57-76, 2006.

SANTOS, J. F. S.. Avaliação no Ensino à Distância. Revista Ibera Americana de Educação, v. 38, n. 4, 2006.

SAUAIA, A. C. A.. Laboratório de Gestão: Simulador, Jogo de Empresas e Pesquisa Aplicada. Barueri, SP: Manole, 2008.

SAWITZKI, R. C.; LORENZETTI, J. V.; GRIZA, A.; OLIVEIRA, L. Y. M.. Sentido, significado do trabalho e identidade nas atividades de tutoria em educação a distância. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 36. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2012.

SEGENREICH, S. C. D. Desafios da educação à distância ao sistema de educação superior : novas reflexões sobre o papel da avaliação. Educar UFPR, n. 28, p. 161-177, 2006.

SCHROEDER, C. S. Educação a Distância e mudança organizacional na Escola de Administração da UFRGS: Uma teoria substantiva. 2009. 252 f. Tese de Doutorado em Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração. Porto Alegre (RS): Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009.

SILVA, Â. C.; SILVA, C. M. T. Do diagnóstico às questões avaliativas: um caminho possível via prática de avaliação em educação a distância. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 17, n. 63, p. 293-312, jun. 2009.

SILVA, J. A. R.; ROCHA, E. C. M. Gestão Acadêmica de Cursos de Graduação em Administração: Comparação entre um curso presencial e outro a distância. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, v. 5, n. 4, Edição Especial, p. 153-171, 2012.

SOUZA, R. P.; MOITA, F. M. C. S. C.; CARVALHO, A. B. G. (Orgs.). Tecnologias Digitais na Educação. Campina Grande (PG): EDUEPB, 2011. 276 p.

SOUZA-SILVA, J. C. DE; DAVEL, E. Da ação à colaboração reflexiva em comunidades de prática. RAE-revista de administração de empresas, v. 47, n. 3, p. 53-65, 2007.

TAKAHASHI, T. (Org.). Sociedade da Informação no Brasil: Livro Verde. Brasília (DF): Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000. 195 p.

TEIXEIRA, J. A.; ISIDRO FILHO, A. Educação a Distância na Perspectiva da Inovação em Serviços. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 36. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2012.

TEZZA, M. M. Aceitação e Resistência à Educação a Distância: Um Estudo em uma Empresa do Setor Metalúrgico. Encontro da ANPAD - EnANPAD, 36. Anais... Rio de Janeiro (RJ): ANPAD, set 2012.

VEIGA, I. P. A.. Projeto Político-pedagógico da escola: uma construção coletiva. In: VEIGA, I. P. A. (Org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. 17 ed. São Paulo: Papirus, 2004, p. 11-36.

VIEIRA, E. M. F.; SANTOS, N. Gestão estratégica do conhecimento no campo da avaliação em educação a distância. Cadernos, v. III, n. 4, p. 1-7, dez 2005.

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e Método. 3ª Ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

ZERBINI, T.; ABBAD, G. S. Reação aos procedimentos instrucionais de um curso via internet: validação de uma escala. Estudos de Psicologia, v. 26, n. 3, p. 363-371, 2009.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2016.2203



 

HOLOS IN THE WORLD