DRENAGEM, COMUNIDADE E SAÚDE: A MÁ UTILIZAÇÃO DA LAGOA DOS POTIGUARES EM MORRO BRANCO – NATAL/RN

Deickson Lennon Galvão de Souza, José Avelino da Hora Neto, Jussiele da Rocha Lopes, Lindomar Barbosa Ferreira, Magno Elias de Souza Guimarães, Zuleica Helaine Costa Barbosa

Resumo


O presente estudo visa investigar as condições sócio-ambientais provenientes da má utilização da Lagoa dos Potiguares, localizada na comunidade de Morro Branco, em Natal/RN. Sabe-se que a lagoa de captação de águas pluviais constitui um sistema de microdrenagem unitário, isto é, destina-se apenas ao escoamento superficial das águas. Entretanto, devido a falta de condições básicas de saneamento, a população deposita de forma clandestina os resíduos de utilização doméstica, gerando problemas de saúde pública. Nesse artigo, focalizou-se a análise e discussão das transformações do espaço urbano e de suas paisagens decorrentes da degradação do sistema urbano de drenagem e do crescente processo de urbanização PALAVRAS-CHAVE: Drenagem Urbana, Lagoa de Captação, Lagoa dos Potiguares, Espaço, Paisagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2010.185



 

HOLOS IN THE WORLD