AVALIAÇÃO SÓCIO-AMBIENTAL EM COMUNIDADES RECEPTORAS: UMA CONTRIBUIÇÃO AO ESTUDO DOS IMPACTOS DA ATIVIDADE TURÍSTICA NA VISÃO DOS MORADORES DA VILA DE PONTA NEGRA, NATAL/RN

Aline Gisele Azevedo Lima, Sérgio Marques Júnior

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo investigar os impactos sócio-ambientais advindos da atividade turística a partir da visão de uma comunidade receptora. Para tanto, foram enfocados aspectos ambientais, sociais, econômicos, além de apresentar o desenvolvimento sustentável no turismo, conceitos de indicadores e modelos de métodos de avaliação sócio-ambiental como forma de incrementar a avaliação proposta neste estudo. Foi realizada uma pesquisa amostral do tipo Survey com 100 habitantes da Vila de Ponta Negra, uma comunidade inserida em uma das principais regiões da atividade turística da cidade do Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte, e que consequentemente vem sofrendo com os impactos do crescimento desta atividade. O instrumento de pesquisa utilizado foi o formulário, estruturado com perguntas abertas e fechadas. O método de coleta de dados foi a entrevista pessoal. Os resultados mostram que a população estudada percebe que a educação, o emprego, a distribuição de renda e o lazer, possuem uma relação direta com os benefícios sociais advindos do turismo. Entretanto, não percebem uma relação no que se refere à saúde e a qualidade de vida. Já aspectos como impactos ao meio ambiente, prostituição, criminalidade e violência, são percebidos, na visão da comunidade, como problemas, mas que não influenciam diretamente na geração de benefícios sociais para a comunidade.

PALAVRAS-CHAVE: Turismo, Impactos sócio-ambientais, Avaliação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15628/holos.2007.138



 

HOLOS IN THE WORLD