PROFESSOR CRÍTICO-REFLEXIVO À LUZ DA EDUCAÇÃO POPULAR E A PRODUÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO

Autores

  • Caio Villarino Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexes.2022.14041

Resumo

Este presente trabalho tem como objetivo central debater as potencialidades do papel do professor de Geografia crítico-reflexivo, comprometido com os ideais da Educação Popular, na transformação e produção social do espaço. Buscando alcançar esse propósito, utilizou-se de revisão bibliográfica sobre os temas da Produção Social do Espaço, Educação Popular, formação e prática docente dos professores de Geografia, assim como reflexões a partir de relatos de experiências do autor. Com isso, pretendo relacionar temas da Educação e da Geografia, em prol da construção de uma sociedade radicalmente democrática, apontando possibilidades e limitações para essa transformação possibilitada a partir do conceito de espaço geográfico que se ensina na sala de aula.

Referências

BRANDÃO, C. R. O que é Educação Popular? Ed. Brasiliense. São Paulo. 2012.

DAMIANI, A. A Geografia e a construção da cidadania. In: FANI, A. (Org.) A Geografia na Sala de Aula. 9 ed. São Paulo. Contexto, 2021

FERNANDES, F. A formação política e o trabalho do professor. Marília. Lutas anticapital. 1 ed. 1986.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996

GALLO, S. Em torno de uma Educação Menor. Educação e Realidade, jul./dez. 2002

HOOKS, B. Ensinando pensamento crítico: sabedoria prática. Editora Elefante. 2010

LEFEBVRE, H. Espaço e política. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2008.

LIBÂNEO. J. Reflexividade e formação de professores: outra oscilação do pensamento pedagógico brasileiro? In: PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 4. ed. São Paulo : Cortez, 2006

MOREIRA, R. Pensar e ser em Geografia. São Paulo. Editora Contexto. 2021

NETTO. J. Capitalismo e barbárie contemporânea. Argumentum, Vitória (ES), v. 4, n.1, p. 202- 222, jan./jun. 2012

OSLENDER, U. Espacio, Lugar y movimientos sociales: hacia una ‘espacialidad de resistencia’. Revista Eletrônica de Geografía y Ciencias Sociales, v. VI. n. 115, 1 de junio de 2002

PAULO, F. Pedagogia Latino-Americana e as contribuições de Paulo Freire e Carlos Rodrigues Brandão. In: SILVA, A. V. L.; PAULO, F. S.; TESSARO, M. (Orgs.). Educação popular e pesquisas participativas. 1.ed. Veranópolis: Diálogo Freiriano, 2020.

PIMENTA, S. Professor reflexivo: construindo uma crítica. In: PIMENTA, Selma Guarrido; GHEDIN, Evandro (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 4. ed. São Paulo : Cortez, 2006

SANTOS, M. Por uma geografia nova – da crítica da geografia a uma geografia crítica. São Paulo: EDUSP, 2004.

SANTOS, R. Ensino de Geografia e currículo: questões a partir da Lei 10.639. Terra Livre, São Paulo/SP, Ano 26, v.1, n. 34, p. 141-160 Jan-Jun./2010

SCHWERTZ, J. Educação Popular no Brasil: marcas da sua história. In: SILVA, A. V. L.; PAULO, F. S.; TESSARO, M. (Orgs.). Educação popular e pesquisas participativas. 1.ed. Veranópolis: Diálogo Freiriano, 2020.

SOUZA, M. L. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. 6 ed. Rio de Janeiro; Bertrand Brasil, 2021.

TORRES CARRILLO, A. A Educação Popular como Prática política e pedagógica emancipadora. In: STRECK, D. R.; ESTEBAN, M. T. (Org.). Educação Popular: lugar de construção social coletiva. Petrópolis. RJ. Vozes, 2013

VASCONCELOS. A. T. Desafios ao currículo de Geografia em pré-vestibulares populares. Anais do VII CBG. Vitória. 2014

VESENTINI, J. Educação e ensino de Geografia: instrumentos de dominação e/ou libertação. In: FANI, A. (Org.) A Geografia na Sala de Aula. 9 ed. São Paulo. Contexto, 2021.

Downloads

Publicado

22-11-2022

Como Citar

VILLARINO, C. PROFESSOR CRÍTICO-REFLEXIVO À LUZ DA EDUCAÇÃO POPULAR E A PRODUÇÃO SOCIAL DO ESPAÇO. Geoconexões, [S. l.], v. 1, n. 13, p. 79–96, 2022. DOI: 10.15628/geoconexes.2022.14041. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/geoconexoes/article/view/14041. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos