A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA PANDEMIA:

SABERES COMPARTILHADOS NUM PROJETO DE EDUCAÇÃO EM SOLOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexes.2022.13339

Palavras-chave:

extensão universitária, ensino remoto, pandemia de Covid-19, Educação em Solos.

Resumo

O presente trabalho busca enfatizar desafios e possibilidades das ações de extensão realizadas de modo remoto em decorrência da pandemia de Covid-19. Enfoca um relato de experiência acerca da realização de atividades no âmbito da execução do projeto de extensão “Educação Contextualizada e Convivência com o Semiárido: (re)conhecimento e preservação dos solos da Chapada do Apodi – CE”, vigente de março a dezembro de 2020, na Universidade Estadual do Ceará. Tal projeto de extensão, concedido de modo remoto, adotou como metodologias principais a viabilização de debates temáticos acerca dos fundamentos da educação em solos e as experiências práticas voltadas para o despertar de uma consciência pedológica em educandos e educadores mediante ferramentas didático-pedagógicas produzidas com solo. Com o projeto, foi possível evidenciar a necessidade de adotar novas metodologias de ensino acerca dos solos, mesmo que na modalidade remota, pois é notório que a temática é pouco discutida em espaços escolares, mas de fundamental importância para a tomada de ações práticas direcionadas para sua conservação.

Biografia do Autor

Leandro Vieira Cavalcante, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professor Adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Graduado, Mestre e Doutor em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre em Geografia pela Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne (PARIS 1).

Marina Cristina Silva Coelho, Universidade Estadual do Ceará

Graduanda em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará

Felipe Oliveira da Silva, Universidade Estadual do Ceará

Graduando em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará

Francisco Ricardo Leite Silva, Universidade Estadual do Ceará

Graduando em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará

Referências

BAPTISTA, Naidison de Quientella; CAMPOS, Carlos Humberto. Educação contextualizada para a convivência com o semiárido. In: CONTI, Irio Luiz; SCHROEDER, Edni Oscar (Org.). Convivência com o semiárido brasileiro: autonomia e protagonismo social. Brasília: Instituto Ambiental Brasil Sustentável, 2013. p. 84-93.

BARBOSA, David Soeiro. Saberes e práticas da extensão universitária na resposta ao enfrentamento da Covid-19 no Brasil. Revista Práticas em Extensão, São Luís, v. 4, n. 1, p. 50-51, 2020.

BECKER, Elsbeth Léia Spode. Solo e ensino. Vidya, Santa Maria, v. 25, n. 2, p. 73-80, 2005.

BRAGA, Osmar Rufino. Educação e convivência com o semi-árido: introdução aos fundamentos do trabalho político-educativo no semi-árido brasileiro. In: KUSTER, Angela; MATTOS, Beatriz Helena Oliveira de Melo. Educação no contexto do semi-árido brasileiro. Fortaleza: Fundação Konrad Adenauer, 2004. p. 25-44.

CAMPOS, Jean Oliveira; MARINHO, Jardênio de Oliveira; REINALDO, Lediam Rodrigues. Experimentos como recursos didáticos para educação em solos no ensino de Geografia. Revista Ensino de Geografia, Recife, v. 2, n. 1, p. 167-186, 2019.

CAPECHE, Claudio Lucas. Educação ambiental tendo o solo como material didático: pintura com tinta de solo e colagem de solo sobre superfícies. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2010.

COELHO, Maurício Rizzato et al. Solos: tipos, suas funções no ambiente, como se formam e sua relação com o crescimento das plantas. In: MOREIRA, Fatima Maria de Souza et al. (Org.). O ecossistema solo. Lavras: UFLA, 2013. p. 45-62.

DINIZ, Emily Gabriele Marques et al. A extensão universitária frente ao isolamento social imposto pela Covid-19. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 9, 2020.

FALCÃO, Cleire Lima; SILVA, Edson Vicente da. Uso dos pigmentos minerais como recurso didático e artístico: uma proposta aos estudos ambientais. In: FALCÃO SOBRINHO, José et al. (Org.). Feira de Ciências: desenvolvimento científico no ambiente semiárido cearense. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2019. p. 576-590.

KNOPKI, Anna Vitoria Gurgel; LIMA, Marcelo Ricardo de; MARTINELLO, Igor Padilha. Superando os desafios extensionistas da educação em solos na modalidade remota. Extensão Em Foco, Palotina, n. 23, p. 450-465, 2021.

LIMA, Marcelo Ricardo de. O solo no ensino de ciências no nível fundamental. Ciência e Educação, Bauru, v. 11, n. 3, p. 191-212, 2005.

LIMA, Marcelo Ricardo de (Org.). Conhecendo os solos: abordagem para educadores do ensino fundamental na modalidade à distância. Curitiba: UFPR, 2014.

LIMA, Marcelo Ricardo de et al. (Org.). Iniciativas de Educação em Solos no Brasil. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2020a.

LIMA, Marcelo Ricardo de et al. Experimentos na Educação em Solos. Curitiba: UFPR, 2020b.

LOCATEL, Celso; SANTOS, Elizabete Rodrigues Gurgel dos. A extensão na UFRN diante da pandemia de Covid-19: a universidade e seu papel social. EntreAções: Diálogos em Extensão, Juazeiro do Norte, v. 1, n. 2, p. 17-34, 2020.

MÉLO, Cláudia Batista et al. A extensão universitária no Brasil e seus desafios durante a pandemia da Covid-19. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista, v. 10, n. 3, 2021.

MOUTINHO, Flavio Fernando Batista. Extensão universitária: uma luz na escuridão da pandemia de Covid-19. Intermedius - Revista de Extensão, Mineiros, v. 1, n. 1, p. 63-72, 2021.

MUGGLER, Cristine Carole; PINTO SOBRINHO, Fábio de Araújo; MACHADO, Vinícius Azevedo. Educação em solos: princípios, teoria e métodos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 30, n. 4, p. 733-740, 2006.

OLIVEIRA, Alexandre Nicolette Sodré. Amigos do solo. Manaus: IFAM, 2017.

PESSOA, João Pedro Neves et al. Articulação entre o ensino e a extensão universitária frente à pandemia de covid-19. Revista Extensão & Sociedade, Natal, v. 12, n. 1, p. 202-212, 2020.

PRIMAVESI, Ana. Cartilha do solo: como reconhecer e sanar seus problemas. São Paulo: MST, 2009.

SANTOS, Anderson Felipe Leite dos; REINALDO, Lediam Rodrigues Lopes Ramos. Ressignificando o ensino de Geografia através de práticas de solo. Revista Geografia, Rio Claro, v. 45, n. 1, p. 117-139, 2020.

SOARES, Ta?rcila Lorrane Fernandes de Souza; SANTANA, I?caro Silva de; COMPER, Maria Luiza Caires. Ensino remoto na pandemia de Covid-19: lições aprendidas em um projeto de extensão universitário. Dialogia, São Paulo, n. 36, p. 35-48, 2020.

SOBREIRA, Luís Nunes; MEDEIROS, Lucineide Barros. Educação do campo contextualizada no semiárido: desafios e possibilidades. In: CUNHA, Andrews Rafael Bruno de Araújo; SANTOS, Ana Paula Silva; MARIN, Aldrin Martin Perez (Org.). Educação contextualizada para a convivência com o semiárido brasileiro: debates atuais e estudos de caso. Campina Grande: Instituto Nacional do Semiárido, 2014. p. 70-83.

VEZZANI, Fabiane Machado; LIMA, Marcelo Ricardo de. Educação em solos: um caminho para valorar os serviços ecossistêmicos. Boletim Informativo da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 43, n. 2, p. 54-57, 2017.

VITAL, Adriana de Fátima Meira; SANTOS, Rivaldo Vital dos. Solos, da educação à conservação: ações extensionistas. Maceió: TexGraf, 2017.

VITAL, Adriana de Fátima Meira et al. Tons da terra e o uso da geotinta para popularizar a ciência do solo. In: FRANCISCO, Paulo Roberto Megna et al. (Org.). Solos: estudo e aplicações. Campina Grande: EPGRAF, 2018. p. 105-116.

VITAL, Adriana de Fátima; FARIAS, José Ray; FORTUNATO, Josiele Carlos. Educação para a conservação dos solos do semiárido. In: SILVA, Allan Jones et al. (Org.). Pesquisas, teorias e práticas. Sapé: Centro de Estudos Disciplinares, 2018. p. 101-114.

Downloads

Publicado

22-11-2022

Como Citar

CAVALCANTE, L. V.; COELHO, M. C. S.; SILVA, F. O. da; SILVA, F. R. L. A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA PANDEMIA: : SABERES COMPARTILHADOS NUM PROJETO DE EDUCAÇÃO EM SOLOS. Geoconexões, [S. l.], v. 1, n. 13, p. 4–20, 2022. DOI: 10.15628/geoconexes.2022.13339. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/geoconexoes/article/view/13339. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos