Editorial

Autores

  • Gerson Gomes do Nascimento IFRN
  • Malco Jeiel de Oliveira Alexandre

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexoes.2015.2840

Palavras-chave:

editorial

Resumo

Esta primeira edição da Revista Eletrônica de Geografia do IFRN (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte) vem composto de seis artigos de alunos e professores desta Instituição de Ensino, fruto de pesquisas realizadas no nosso grupo de pesquisa NUPEG (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Geografia), bem como frutos de bons trabalhos desenvolvidos em TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) dos nossos estudantes de graduação com seus respectivos orientadores. Esperamos que todos os artigos aqui apresentados possam ser úteis para todos aqueles que fazem e acreditam na ciência, especialmente da ciência geográfica, como motriz de transformação socioespacial diante das muitas transformações que o mundo vem sofrendo em todos os aspectos. Que sejam este os primeiros de muitos artigos, de diversos autores de várias instituições brasileiras e de outros países a colaborar para mudanças efetivas, através de suas pesquisas que a cada semestre serão publicados na GEOCONEXÕES.

              Nesse sentido, o primeiro artigo intitulado A REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL-RN: UM PROCESSO AINDA EM CURSO de autoria de Gerson Gomes do Nascimento (IFRN) e João Manoel de Vasconcelos Filho (UFRN) analisa a atual problemática da questão metropolitana atual no país. No caso da RMN (Região Metropolitana de Natal), evidenciam que esta a cada dia está se consolidando enquanto processo em curso, guardando algumas especificidades nesse processo recente de sua formação. O segundo artigo versa sobre a questão da REESTRUTURAÇÃO URBANA NO BAIRRO DAS QUINTAS, NATAL-RN: A PERDA DO LUGAR e tem como autoras Eloisa Varela Cardoso de Arruda e Maria Luíza Galvão (IFRN). Nesse texto, as autoras canalizam suas atenções para os impactos produzidos pelas prováveis desapropriações dos moradores do entorno do viaduto da Urbana no bairro das Quintas - Natal, Rio Grande do Norte, averiguando, ainda, os possíveis efeitos socioespaciais ocasionados por essa obra de reestruturação urbana, que se deu em virtude da escolha de Natal como sede dos jogos da Copa do Mundo FIFA 2014.

              No terceiro artigo, MOBILIDADE URBANA: uma análise da acessibilidade no bairro de Nova Betânia em Mossoró-RN temos uma análise de um dos maiores problemas enfrentados na cidade de Mossoró, região oeste do estado do Rio Grande do Norte, a questão de sua mobilidade urbana relacionada aos transportes públicos na cidade. Nessa análise, os autores Clara Liberalino e Gerson Gomes do Nascimento (IFRN) analisam a acessibilidade no bairro de Nova Betânia, que integra o município de Mossoró-RN, por ser esta uma localidade que está imersa em um processo recente, porém contínuo, de transformação e que, em decorrência deste fato, tem apresentado grande demanda de deslocamentos. A questão do espaço urbano também é a temática do quarto artigo dessa revista. De tema de extrema importância nos dias atuais, os autores Gerson Gomes do Nascimento (IFRN) e Malco Jeiel de Oliveira Alexandre (IFRN) discutem de forma bastante elucidativa a relação entre “A questão urbana no Brasil: um olhar sobre a violência urbana nas metrópoles nacionais”. Aqui O espaço urbano, sobretudo o espaço urbano metropolitano em países periféricos como o Brasil passam por muitas transformações ao longo do tempo que recai notadamente em seu tecido sociopolítico espacial.

              O quinto artigo dos autores Laís Ariane Martins Barbosa Correia, Maria Luiza de Medeiros Galvão (IFRN) e André Luis Calado Araújo (IFRN) cujo tema é GEOPROCESSING APPLIED TO THE URBAN TERRITORIAL MANAGEMENT OF PEDRO VELHO/RN mostra de forma bastante coerente uma breve discussão acerca do uso do geoprocessamento aplicado à gestão do território, particularizado como estudo de caso a Lagoa de Estabilização localizada na cidade de Pedro Velho (Rio Grande do Norte/ Brasil). O sexto artigo dos autores Maria Cristina Cavalcanti de Araújo (IFRN) e Gesinaldo Ataíde Cândido (UFCG) intitulado ÍNDICES DE QUALIDADE DE VIDA URBANA DE NATAL-RN vem nos mostrar que a (in) sustentabilidade nas cidades, ocasionada pela urbanização, compromete a qualidade de vida urbana, evidenciada pela distribuição e o acesso desigual aos bens e serviços de infraestrutura urbana. Neste caso, apresenta discussões sobre a temática da sustentabilidade urbana ao estabelecer o Índice de Qualidade de Vida urbana de Natal-RN.

Prof. Gerson Gomes do Nascimento e Prof. Malco Jeiel de Oliveira Alexandre

Editores da revista Eletrônica do IFRN (GEOCONEXÕES)

Biografia do Autor

Gerson Gomes do Nascimento, IFRN

Licenciado (1996) em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Especialista em Geografia do Nordeste (1997/8) pela UFRN. Mestre em Geografia Urbana pela UFRN (2003); Doutor em Ciências Sociais pela UFRN (2011). Professor Efetivo do IFRN (Instituição Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte), onde leciona nos cursos Técnico-Integrado e no Curso Superior de Geografia desta Instituição, ministrando as disciplinas Geografia Urbana e Geografia dos Serviços. Membro das Base de Pesquisas NUPEG do IFRN (Núcleo de Pesquisas e Estudos em Geografia) e Espaço e Poder da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

Malco Jeiel de Oliveira Alexandre

Prof. Dr. Geografia, Campus Natal Central do IFRN

Downloads

Publicado

10-03-2015

Como Citar

NASCIMENTO, G. G. do; ALEXANDRE, M. J. de O. Editorial. Geoconexões, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 1–2, 2015. DOI: 10.15628/geoconexoes.2015.2840. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/geoconexoes/article/view/2840. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Editorial

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.