ÍNDICES DE QUALIDADE DE VIDA URBANA DE NATAL-RN

Autores

  • Maria Cristina Cavalcanti Araújo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE - IFRN
  • Gesinaldo Ataíde Cândido Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexoes.2015.2836

Palavras-chave:

expansão urbana, (in)sustentabilidade urbana, qualidade de vida, indicador

Resumo

A (in)sustentabilidade nas cidades, ocasionada pela urbanização, compromete a qualidade de vida urbana, evidenciada pela distribuição e o acesso desigual aos bens e serviços de infraestrutura urbana. Este artigo apresenta discussões sobre a temática da sustentabilidade urbana ao estabelecer o Índice de Qualidade de Vida urbana de Natal-RN. A pesquisa se baseou em estudos bibliográficos e documentais. A avaliação dos níveis de qualidade de vida urbana de Natal ocorreu por meio da definição de variáveis e indicadores, subsidiados por dados secundários, os quais foram transformados em índices e organizados em níveis de qualidade. Organizou-se o ranking dos bairros, por meio da mensuração da oferta de serviços e recursos urbanos, estabelecendo-se o nível de qualidade de vida urbana de Natal, com vistas à sustentabilidade da cidade. Conclui-se que, nas áreas onde ocorreu a recente expansão urbana de Natal, encontram-se os piores Índices de Qualidade de Vida Urbana-IQVU.

Biografia do Autor

Gesinaldo Ataíde Cândido, Universidade Federal de Campina Grande

Prof. Dr. da Universidade Federal de Campina Grande - Campina Grande – Paraíba – Brasil

Downloads

Publicado

2015-03-09

Edição

Seção

Artigos