REESTRUTURAÇÃO URBANA NO BAIRRO DAS QUINTAS, NATAL-RN: A PERDA DO LUGAR

Autores

  • E. V. C. Arruda
  • Maria Luiza Medeiros Galvão

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexoes.2015.2618

Palavras-chave:

Mobilidade, Desapropriação, Perda do Lugar, Natal

Resumo

Partindo dos impactos produzidos pelas prováveis desapropriações dos moradores do entorno do viaduto da Urbana no bairro das Quintas - Natal, Rio Grande do Norte, o presente estudo pretende averiguar os possíveis efeitos socioespaciais ocasionados por essa obra de reestruturação urbana, que se dará em virtude da escolha de Natal como sede dos jogos da Copa do Mundo FIFA 2014. Para isso utilizou-se como recurso metodológico uma pesquisa bibliográfica que abarcou discussões sobre os conceitos de lugar, identidade e urbanismo. Como fomentadores desse arcabouço destacam-se autores como Carlos (2007), Tuan (1980) e Lefebvre (1991). Além disso, uma pesquisa documental foi realizada para consolidar informações acerca das desapropriações que seriam produzidas por meio da efetivação do projeto de mobilidade urbana. Nessa perspectiva, a fim de analisar os possíveis impactos quanto à perda do lugar e identidade dos moradores foi aplicada entrevistas abertas que retrataram a experiência e expectativa da população local sobre o projeto. Por fim, destaca-se a análise dos impactos, assim como, sua discussão.

Biografia do Autor

Maria Luiza Medeiros Galvão

Professaora e mestre em Geografia e Meio Ambiente. Lotação: DIAC/Campus Natal Central.

Downloads

Publicado

12-12-2014

Como Citar

ARRUDA, E. V. C.; GALVÃO, M. L. M. REESTRUTURAÇÃO URBANA NO BAIRRO DAS QUINTAS, NATAL-RN: A PERDA DO LUGAR. Geoconexões, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 28–36, 2014. DOI: 10.15628/geoconexoes.2015.2618. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/geoconexoes/article/view/2618. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos