POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA AGROECOLOGIA: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL, OESTE POTIGUAR

Autores

  • Vanessa de Cássia Tavares Andrade IFRN- Campus Pau dos Ferros https://orcid.org/0000-0001-5463-4832
  • Maria Beatriz da Silva Lima Instituto Federal do Rio Grande do Norte/Campus Pau dos Ferros
  • Iara Letícia Costa Fernandes Instituto Federal do Rio Grande do Norte/Campus Pau dos Ferros

DOI:

https://doi.org/10.15628/geoconexoes.2021.13425

Palavras-chave:

Agroecologia, Semiárido, Conhecimento Local.

Resumo

Perante a modernização tecnológica voltada para o campo, os saberes e as técnicas tradicionais passaram a ser desvalorizados, o conhecimento científico foi legitimado, imposto, institucionalizado, e o saber dos agricultores familiares foi relegado ao atraso. Nesse sentido, muitos agricultores passaram a acreditar que a única forma possível de produzir é com o uso dos agroquímicos. Nesse contexto, os usos do território do Rio Grande do Norte incorporam sistemas técnicos atribuídos pelos agentes hegemônicos, sistemas normativos e organizacionais impostos por instituições da economia global. Todavia, a agricultura familiar agroecológica coexiste a partir de técnicas tradicionais com objetivo de reprodução social. Dessa forma, o trabalho tem como objetivo revelar as estratégias de reprodução, os mecanismos de resistências dos sujeitos não-hegemônicos. O estudo pretende mostrar que a agroecologia, além de ser um modo de vida, uma forma de produzir em consonância com o meio ecológico, sobretudo, com o Semiárido, possui viabilidade econômica. Para tanto, a metodologia utilizada será pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. Espera-se que o conhecimento agroecológico seja posto em evidência como mecanismo de melhoria da qualidade de vida e sustentabilidade do meio rural. 

 

 

 

Biografia do Autor

Vanessa de Cássia Tavares Andrade, IFRN- Campus Pau dos Ferros

Graduada em Geografia pela Universidade Federal de Viçosa-MG. Mestre e Doutora pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora do Ensino Básico Técnico e Tecnológico IFRN-Pau dos Ferros.

Maria Beatriz da Silva Lima, Instituto Federal do Rio Grande do Norte/Campus Pau dos Ferros

Aluna do curso Técnico de Nível Médio em Alimentos, na forma integrada.

Iara Letícia Costa Fernandes, Instituto Federal do Rio Grande do Norte/Campus Pau dos Ferros

Aluna do curso Técnico de Nível Médio em Alimentos, na forma integrada.

Referências

ALMEIDA, J. A agroecologia entre o movimento social e a domesticação pelo mercado. 2003. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/pgdr/arquivos/422.pdf> Acesso em: 23 fev. 2020.

ALTIERI, M. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2002.

ARAUJO, S.M.S. A REGIÃO SEMIÁRIDA DO NORDESTE DO BRASIL: Questões Ambientais e Possibilidades de uso Sustentável dos Recursos. Rios Eletrônica- Revista Científica da FASETE ano 5 n. 5 dezembros de 2011. Disponível em: < https://www.unirios.edu.br/revistarios/media/revistas/2011/5/a_regiao_semiarida_do_nordeste_do_brasil.pdf> Acesso: 18 de Fev. 2021.

BRASIL. Decreto n. 7.048, de 23 de dezembro de 2009. Dá nova redação ao art. 115 do Decreto no 6.323, de 27 de dezembro de 2007, que regulamenta a Lei no 10.831, de 23 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a agricultura orgânica. 2009. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/assuntos/sustentabilidade/organicos/legislacao/portugues/decreto-no-07-048-de-23-de-dezembro-de-2009.pdf/view> Acesso em:13 ago. 2020

CANDIOTTO, Luciano Z. P.; CARRIJO, Beatriz R.; OLIVEIRA, Jackson A de. A Agroecologia e as Agroflorestas no contexto de uma Agricultura Sustentável. In: ALVES, Adilson F.; CARRIJO, Beatriz R.; CANDIOTTO, Luciano Z. P. (Org.). Desenvolvimento territorial e agroecologia. São Paulo: Expressão Popular, 2008.

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia e extensão rural: contribuições para a promoção do desenvolvimento rural sustentável. 3. ed. Brasília, MDA: SAF, 2008. Disponível em: <http://frcaporal.blogspot.com.br/p/livros.html> Acesso em: 18 jan. 2021.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

GLIESSMAN, S. R. Agroecologia – Processos ecológicos em agricultura sustentável. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo agropecuário de 2017. Disponível em: <http://www.sidra.ibge.gov.br/> Acesso em: 12 dez. 2020.

______. Região de Influência das Cidades - 2007. Rio de Janeiro: IBGE, 2008. Disponível em: <http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv40677.pdf>. Acesso em: 11 fev. 2021.

______. Censo Demográfico de 2020. Disponível em: <http://www.sidra.ibge.gov.br/> Acesso em: 12 dez. 2020.

LEFF, H. Saber Ambiental: sustentabilidade, complexidade, racionalidade e poder. 8º ed . Petrópolis (RJ): Vozes, 2011

MACHADO, L. C. P, FILHO L. C. P. M. A dialética da Agroecologia. São Paulo: Expressão Popular, 2014.MAPA – MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/> Acesso em 10 fev. 2021.

MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. 2018. Disponível em:< http://www.agricultura.gov.br/ >Acesso em 11. fev. 2020.

MEDEIROS et al. Política de concessão de crédito rural: os mecanismos do Agroamigo do Nordeste. 2010. Disponível em: < file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Downloads/Dialnet-PoliticaDeConcessaoDeCreditoRural-7842954%20(1).pdf.Acesso 04 Set.2021.

PLOEG, J. D. V. D. Camponeses e impérios alimentares. Tradução Rita Pereira. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2008.

PORTO-GONÇALVES. C.W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. São Paulo: civilização brasileira, 2011

SANTOS, M. A natureza do espaço. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2006.

SEBBR. Sistema de informação sobre biodiversidade brasileira. 2020 Disponível em: https://collectory.sibbr.gov.br/collectory/public/show/dr66 Acesso em : 08. Set. 2021.

WANDERLEY, M. N. B. Raízes históricas do campesinato brasileiro. In: TEDESCO, J. C. (org.). Agricultura familiar: realidades e perspectivas. 3. ed. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2001.

Downloads

Publicado

07-02-2022

Como Citar

ANDRADE, V. de C. T.; LIMA, M. B. da S.; COSTA FERNANDES, I. L. POSSIBILIDADES E DESAFIOS DA AGROECOLOGIA: UM ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL, OESTE POTIGUAR. Geoconexões, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 41–64, 2022. DOI: 10.15628/geoconexoes.2021.13425. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/geoconexoes/article/view/13425. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos