A IMPORTÂNCIA DO USO DO NOME SOCIAL NO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO – ENEM

Sayonara Naider Bonfim Nogueira, Maria Cristina Cavalcanti Araújo, Rebeka de França

Resumo


O presente trabalho traz a tona uma pesquisa de grande importância para o
âmbito da geografia que é o estudo da diversidade social no âmbito da ciência
geográfica. Estudar o gênero e suas particularidades é de grande valia, pois,
consegue compreender as relações sociais. O uso do nome social é um importante
direito que as travestis e transexuais conseguiram, um direito constitucional
da cidadania. Para isso será necessário passar por postulados que elencam o
direito ao uso do nome social, bem como sua aplicabilidade no Exame Nacional
do Ensino Médio. Para o desenvolvimento da pesquisa foi realizado pesquisa
bibliográfica e em sites com o intuito de fazer levantamento de dados referentes
ao ENEM e os inscritos utilizando o nome social. Conclui-se que existem grandes
empecilhos que dificultam o acesso das pessoas trans ao exame Nacional do
Ensino Médio, caracterizando-se assim, como agressão aos direitos básicos da
educação formal.


Palavras-chave


Transexuais; Travestis; Geodiversidade; ENEM;

Texto completo:

PDF

Referências


AGÊNCIA BRASIL. Aumenta o uso do nome social por travestis e transexuais no Enem 2016. Último Segundo, IG, 12/10/2016. Disponível em: . Acesso em 12 mai. 2017.

; BENTO, Berenice. A reinvenção do corpo: sexualidade e gênero na experiência transexual. 2ª edição – Natal: EDUFRN. 2014.

BENTO, Berenice. Nome social para pessoas trans: cidadania precária e gambiarra legal. Contemporânea – Revista de Sociologia da UFSCar, São Carlos, v. 4, n. 1, jan.-jun. 2014. p. 165-182. Disponível em:

contemporanea/article/viewFile/197/ 101>. Acesso em 12 mai. 2017.




DOI: https://doi.org/10.15628/geoconexoes.2016.6288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.