ELEMENTOS ESTÉTICOS NA DOÇARIA SERIDOENSE

Autores

  • Nilton Xavier Bezerra Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.15628/rp.2019.8712

Resumo

O objetivo deste artigo é fomentar a apreciação dos elementos estéticos presentes na doçaria do Seridó potiguar, ressaltando o valor dos aspectos visuais nos seus produtos. A metodologia envolveu pesquisa bibliográfica e documental, a partir de registros etnográficos reunidos pelo acervo do projeto Doces Sabores do Seridó Potiguar, sob coordenação da professora Maria Isabel Dantas. Como produção cultural, os doces compreendem modos de fazer e servir que expressam beleza e instituem novos significados para além do imediatismo do olfato e do paladar. A pesquisa é inédita no referido contexto, por ressaltar novas dimensões vinculadas à doçaria tradicional. Como resultados, verificamos que a atenção cuidadosa às medidas, às matérias-primas e métodos de fabricação não se encontra em nenhum instante desconectada da estética determinada pelos olhares de quem produz e de quem a saboreia. Muitas vezes é esse seu principal ingrediente.

Downloads

Publicado

2019-08-02

Edição

Seção

Artigos