RAZÃO E MORAL EM KANT

Autores

  • Hildemar de Araújo Bezerra IFRN

DOI:

https://doi.org/10.15628/dialektike.2014.2570

Resumo

Sob a ótica da Filosofia Moral de Kant, esse texto tem como objetivo responder (ou refletir sobre) a seguinte pergunta: por que devemos ser morais? Trata-se de apresentar a Moral como uma exigência da faculdade prática da razão e como fazendo parte da natureza humana. Neste sentido, como se verá, agir moralmente é agir de acordo com nossa natureza racional. Tendo em vista isso, o esforço filosófico kantiano será o de mostrar como a moralidade é derivada da razão, se apresentando como uma obrigação ou um DEVER para todo ser dotado de razão, ou pelo menos, àqueles que ajam de acordo com sua natureza racional.

Biografia do Autor

Hildemar de Araújo Bezerra, IFRN

Mestre em Filosofia e Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

2014-11-16

Edição

Seção

Artigos