ANÁLISE DE UMA ORGANIZAÇÃO FAMILIAR À LUZ DO MODELO MULTIDIMENSIONAL-REFLEXIVO

Autores

  • Isabela Neves Ferraz Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Brasília (PPGA/UNB)
  • Henrique Sérgio Barros Cavalcanti Junior Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Pernambuco (PROPAD/UFPE)
  • Maíra Neves Ferraz Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2015.1390

Palavras-chave:

Organizações, Empresas familiares, Modelo Multidimensional

Resumo

O principal objetivo deste trabalho consiste em analisar, a partir da realização de um estudo de caso, uma organização familiar, tendo como referência o Modelo Multidimensional-Reflexivo de Alves (2003). Todos os característicos retratados no presente artigo, obtidos através da pesquisa documental, entrevistas e observação não-participante, e analisados por meio da técnica de análise de conteúdo, permitiram, como principal achado, o enquadramento da empresa familiar analisada como uma organização, de fato, equiparativo-adaptadora, à luz do modelo formulado por Alves (2003).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Isabela Neves Ferraz, Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade de Brasília (PPGA/UNB)

Doutoranda em Administração pela Universidade de Brasília. Possui Mestrado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2011).

Henrique Sérgio Barros Cavalcanti Junior, Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Pernambuco (PROPAD/UFPE)

Possui Mestrado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2014).

Maíra Neves Ferraz, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (2010). 

Referências

ALVES, Sérgio. Racionalidade, carisma e tradição nas organizações empresariais contemporâneas. Recife: Editora UFPE, 2003

ANTONIALLI, L. M. Problemas de sucessão e a sobrevivência das empresas familiares. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 1998, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA/USP, 1998. 1 CD-ROM.

BARROS, Daniel Lins. Análise de uma organização penitenciária feminina à luz do modelo multidimensional - reflexivo. Dissertação apresentada no Programa de Pós-Graduação em

Administração na Universidade Federal de Pernambuco, 2007.

CAMPOS, L. J. & MAZZILLI, C. Análise do processo sucessório em empresa familiar: um estudo de caso. Anais do XXII Encontro Nacional da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Administração, 1998. Disponível em CD-ROM.

CORREIA, Milka Alves. Análise de uma organização hospitalar à luz do modelo multidimensional-reflexivo de Alves (2003). Dissertação apresentada no Programa de Pós-

Graduação em Administração na Universida de Federal de Pernambuco, 2007.

CRESWELL, J. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre:

Bookman, 2010.

GIL, A.C. Como classificar as pesquisas? In: Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, p. 44-45, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2006.

GODOI , C. K.; MATTOS, Pedro L. C. L.de. Entrevista qualitativa: instrumento de pesquisa e

evento dialógico. In: Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. GODOI, C. K.; BANDEIRA - DE -

MELO, R.; SILVA, A. B. da.; (org). São Paulo: Saraiva, 2006. p.301-323.

GRZYBOVSKI, D.; TEDESCO, J. C. Empresa familiar x competitividade: tendências e racionalidades em conflito. Revista Teoria e Evidência Econômica, Passo Fundo, v. 6, n. 11, p. 37-68, nov. 1998.

LETHBRIDGE, Eric. Tendências da empresa familiar no mundo. Revista do BNDES, n. 7, Brasília, 1997. Disponível em: http://www.bndes.gov.br. Acesso em: 20 set. 2012.

LIMA, Manolita C. Tipos de pesquisa e técnicas de coleta de materiais – a pesquisa de campo: observação direta intensiva – realização de entrevistas In: ______. Monografia: a engenharia da produção acadêmica. São Paulo: Saraiva, 2004.

MACÊDO, Kátia B. Cultura, poder e decisão na organização familiar brasileira. Revista de Administração de Empresas - RAE - eletrônica, v. 1, n. 1, jan./jun. 2002. Disponível em: http://www.rae.com.br/eletronica. Acesso em: 09 dez. 2012.

NEVES, J. L., Pesquisa qualitativa: características, usos e possibilidades. Cadernos de pesquisas em administra¬ção, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 103 - 113, 2 sem. 1996.

PEREIRA, Fernanda Cristina Barbosa. Administração estratégica nas Universidades federais: um estudo de caso na Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 1999.

Dissertação apresentada no Programa de PósGraduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: http://teses.eps.ufsc.br/defesa/pdf/3656.pdf. Acesso em: 20 jun. 2012.

QUIVY, R; CAMPENHOUDT, L. V. Manual de Investigação em Ciências Sociais. 2 ed. Lisboa:

Gradiva; 1998.

SILVA, C. R.; GOBBI, B. C.; SIMÃO, A. A. O uso da análise de conteúdo como ferramenta para pesquisa qualitativa: descrição e aplicação do método. Organizações Rurais e Agroindustriais. Revista Eletrônica de Administração da UFLA. Lavras - MG, v. 7, n. 1, p. 70 - 81, jan/abr 2005.

SOARES, J.; MACHADO, A.C.; MAROCCO, B. Gestão em família. Pequenas Empresas Grandes Negócios. Rio de Janeiro, v. 9, n° 107, p:30-35, dezembro 1997.

TOSO JUNIOR et al. Alguns aspectos da administração familiar no Brasil. Revista Reverte,

WEBER, Max. Economia e sociedade. Revisão técnica de Gabriel Cohn. Brasília: Ed. UNB, 1999, v. 2

Downloads

Publicado

01/10/2015

Como Citar

Ferraz, I. N., Cavalcanti Junior, H. S. B., & Ferraz, M. N. (2015). ANÁLISE DE UMA ORGANIZAÇÃO FAMILIAR À LUZ DO MODELO MULTIDIMENSIONAL-REFLEXIVO. HOLOS, 5, 350–366. https://doi.org/10.15628/holos.2015.1390

Edição

Seção

ARTIGOS