ENSINO EM CENA: O USO DE OBRAS CINEMATOGRÁFICAS NO FORTALECIMENTO DA FORMAÇÃO ACADÊMICA E DA DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA

Anderson Pereira Rodrigues, Samantha Macedo Lima, Danilo Sousa Rocha

Resumo


A elaboração de aulas lúdicas se mostra como de grande importância no que se diz respeito a proporcionar um maior interesse por parte dos alunos. Nesse contexto, a linguagem cinematográfica pode ser uma importante ferramenta no processo de ensino-aprendizagem, por ser uma facilitadora e uma grande fonte de informação. Assim, o projeto “Ensino em Cena” do IFCE campus de Sobral utiliza dessa ferramenta para auxiliar nesse processo, difundindo e favorecendo a construção do saber. Mensalmente é apresentado para o público um filme que envolva os temas: ciências, ensino, tecnologia, filosofia e arte. Ao término da apresentação do longa, os espectadores podem participar de um breve debate, a fim de esclarecer qualquer pormenor acerca do conteúdo abordado. A boa recepção e a compreensão do conteúdo pelos espectadores em cada apresentação demonstraram que ferramentas lúdicas como o cinema podem ser alternativas viáveis na luta a favor da atenção do aluno e da curiosidade do educando.


Palavras-chave


Educação; Cinema; Divulgação Científica.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, M. D. M.; GIRASOLE, M.; ZANELLA, P. G. O uso do cinema como estratégia pedagógica para o ensino de ciências e de biologia: o que pensam alguns professores da região metropolitana de Belo Horizonte. Revista Práxis, Três Poços - Volta Redonda, ISSN online: 2176-9230, ISSN impresso: 1984-4239, 2013. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2016.

CAPARRÓS-LERA, J. M.; ROSA, C. S. O cinema na escola: uma metodologia para o ensino de história. Educ. foco, Juiz de Fora, v. 18, n. 2, p. 189-210, 2013.

CARVALHAL, F. C. de A. Instituto Nacional de Cinema Educativo: da história escrita à história contada - um novo olhar. Mnemocine, 2009. Disponível em: < www.mnemocine.com.br>. Acesso em: 08 jun. 2016.

DUARTE, R. Cinema e Educação. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002. 128 p.

LEITE, S. Cinema brasileiro: das origens à retomada. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2005. 160 p.

SILVA, J. A. Cinema e educação: o uso de filmes na escola. Revista Intersaberes, Curitiba. v. 9, n.18, 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2016.

VERDE, D. Do espaço imaginado ao espaço cinematográfico: alusões ao filme Trainspotting – Sem Limites. 2005. 76f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel e Licenciado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Letras, FESB – Fundação Municipal de Ensino Superior de Bragança Paulista, Bragança Paulista-SP, 2005.




DOI: https://doi.org/10.15628/dialogos.2018.6580

Apontamentos

  • Não há apontamentos.