INCLUSÃO DIGITAL DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DO SERIDÓ

Autores

  • Maria Jane Queiroz Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.
  • Wagner Luiz Alves da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.
  • Maria Elenir Nobre Pinho Ribeiro Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.15628/dialogos.2015.3880

Palavras-chave:

Tecnologia, Ensino, Linux Educacional

Resumo

O projeto “NTICs na educação: O uso do Linux Educacional no Ensino”, realizado pelo IFRN – Campus Currais Novos, tem como objetivo promover a inclusão digital dos docentes de escolas públicas municipais e estaduais da cidade de Currais Novos e regiões circunvizinhas por meio da realização de um curso de capacitação em Linux Educacional. Além da capacitação de docentes, o projeto atingirá consequentemente os alunos das escolas públicas que serão ensinados pelos professores capacitados sobre o uso das ferramentas disponíveis nesse sistema operacional. Outra consequência do projeto será o uso adequado dos laboratórios disponibilizados pelo MEC através do PROINFO, evitando-se a ociosidade dos recursos tecnológicos existentes na escola. Assim, o projeto pretende atingir, de forma direta e indireta, toda a comunidade local envolvida com questões de ensinoaprendizagem, utilizando-se as novas tecnologias de informação e comunicação.

Biografia do Autor

Maria Jane Queiroz, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Informática da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), possui especialização em Redes de Computadores pela FARN (atual UNI-RN) e graduação em Tecnologia em Redes de Computadores pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Atualmente trabalha como professora efetiva da disciplina Redes de Computadores no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Campus Currais Novos.

Wagner Luiz Alves da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Possui graduação em Geografia - Bacharelado (2004.2) e Licenciatura Plena (2007.2) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Mestrado em Estudos Urbanos e Regionais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2015). Atualmente é docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Meio Ambiente, Educação Ambiental e Resíduos Sólidos.

Maria Elenir Nobre Pinho Ribeiro, Universidade Federal do Ceará

Pós-Doutorado (2010-atual), doutorado em Química (2010), mestrado em Química Inorgânica (2006) e Graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Ceará (2004). Co-orienta alunos de graduação (Iniciação Científica), mestrado e doutorado na UFC. Orientação de alunos do Ensino Médio e Superior no IFRN- Campus Currais Novos. Atualmente é professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) lecionando Química Geral para diversos cursos. Foi professora efetiva no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFRN (2012-2015), lecionando no Ensino Integrado nos Cursos Técnicos de Alimentos e Informática, como também nos Cursos de Licenciatura em Química e Tecnólogo em Alimentos. Neste Instituto, Coordena Projeto de Pesquisa e Extensão na área de Alimentos e é Coordenadora de Área do PIBID-Campus Currais Novos. Membro do Núcleo Estruturante do Curso de Licenciatura em Química do IFRN - Campus Currais Novos. Foi professora substituta na UFC (2010) e atuou como Professora Voluntária do IFCE em 2009. Possui experiência na área de educação há mais de 5 anos. Suas pesquisas estão relacionadas com ensino de Química, a síntese e caracterização de novos copolímeros em blocos, utilizados como carreadores e solubilizantes de princípios ativos de interesse farmacológico, bem como polímeros naturais e na area de quantificação química em Alimentos. Durante a graduação participou de projetos de iniciação científica.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Criação do Programa Nacional de Informática na Educação – ProInfo. Portaria nº 522, de 9 de abril de 1997.

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO – CGU. Relatório de Avaliação da Execução de Programas de Governo nº 16: Infraestrutura de Tecnologia da Informação para a Educação Básica Pública (Proinfo). Brasília, jan. 2013, p. 7.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – MEC. Portal do Professor. Disponível em: <http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html>. Acesso em: 30 jul. 2014.

PROINFO. Sobre o Linux Educacional. Disponível em:<http://webeduc.mec.gov.br/linuxeducacional/pagns/sobre_le.php>. Acesso em: 08 ago. 2014.

Downloads

Publicado

2015-12-29

Edição

Seção

Artigos Completos