Depósitos Minerais

Já sabemos que um Depósito Mineral é uma concentração anômala de um bem mineral metálico ou não metálico. m Depósito Mineral é constituído de Minério, Encaixante, Estéril, Mineral-Minério, ganga e Sub-produto(s). A existência de um Depósito Mineral está condicionada aos processos geológicos formadores de rocha, tanto os pretéritos, concomitantes, como os processos posteriores a formação da rocha. Daí a importância do conhecimento prévio de PETROGRAFIA, MINERALOGIA e ESTRUTURAL. Desta forma, os processos geológicos concorrem para a formação de concentrações anômalas, resultando no Depósito Mineral.

Existem diversas classificações de Depósitos Minerais, cada uma delas utilizando um critério. Aqui apresentaremos algumas dessas classificações.

  CLASSIFICAÇÃO DE DEPÓSITOS MINERAIS

Quando o Minério é formado ao mesmo tempo em que a(s) Encaixante (s) diz-se que ele é SINGENÉTICO. Quando é formado posteriormente a(s) Encaixante(s) diz-se que é EPIGENÉTICO. Outra classificação simplista definem os Depósitos Primários (origem magmática) e Secundários (sedimentar).

Um Depósito bem conhecido (bastante estudado) serve de referência no estudo de outros depósitos, sendo chamado de Depósito-Padrão ou Jazida-Tipo, os quais, via de regra, são os maiores do mundo, também chamados de “world class”.

Os tipos Disseminados, Schilierens, Stockworks referem-se principalmente a forma como se apresenta o mineral-minério. O tipo Disseminado diz respeito ao comportamento do Mineral-Minério como pontuações aleatórias (isotrópicas) ao longo da camada hospedeira (minério). Podem formar tipos disseminados finos até grosseiros (pórfiros – minério porfirítico). Neste mesmo sentido é a forma em Schilieren (concentrações geralmente de minerais máficos). Já o termo Massivo ou Maciço pode se referir tanto ao mineral-minério formando massas, como ao minério.

CLASSIFICAÇÃO DE DEPÓSITOS MINERAIS BASEADA NO PROCESSO FORMADOR

A classificação dos Depósitos Minerais que utiliza os Processos Geológicos responsáveis pela formação da anomalia podem ser agrupados, grosso modo, em dois tipos: (i) processos atuantes no interior da terra (Depósitos Magmáticos e Metamórficos) ou Processos Hipogênicos e (ii) processos geológicos atuantes na superfície da terra ou próximos a ela ou Processos Supergênicos.

This entry was posted in Depósitos Minerais. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>