Editorial

José Yvan Pereira Leite

Resumo


O último número da HOLOS, mais uma vez, é publicado em 31 de dezembro de 2018. Neste contexto se associa às comemorações dos 10 (dez) anos dos Institutos Federais e desta política pública da ampliação e integração de tecnologia para a sociedade. A figura abaixo apresenta a evolução dos acessos ao periódico entre os meses de janeiro a 31 de dezembro de 2018 (Google Analytics, 2018).

 

Figura 1 – Evolução do número de acessos na HOLOS entre os meses de janeiro e dezembro.

Os números são animadores, pois configuram 860.170 acessos no ano, o que reflete uma evolução de 34,97% em relação ao ano anterior. Em relação ao número de usuários, este ano a HOLOS 208.272 usuários usaram a plataforma para acesso ao seus artigos, os quais ficaram em média 2,53 min por sessão.  A figura 2 apresenta a evolução do número de usuários ao periódico entre janeiro e dezembro deste ano (Google Analytics, 2018; Leite, 2017).

 

Figura 2 – Evolução do número de usuários na HOLOS entre os meses de janeiro e dezembro

Comparando o número de usuários com o ano anterior (Leite, 2017), observa-se uma elevação de 54,96%. É importante informar que este números são extraídos da plataforma de acesso direto à HOLOS. Assim, se forem contabilizados acessos a outras bases, estes números são bem superiores.

A Redalyc tem desenvolvido um importante trabalho com as revistas indexadas nesta base, a qual apresenta diversos indicadores dos periódicos. Neste contexto, os dados entre 2005-2017 para a origem dos autores que publicaram na HOLOS são apresentados na figura 3 (Redalyc, 2018).

 

Figura 3 – Origem dos autores que publicaram na HOLOS entre 2005-2017. Fonte Redalyc.

Observando a figura 3 nota-se que são 17 países e 261 instituições. Em relação à classificação da procedência, os dados da Redalyc também trazem que 22,1% dos artigos tem como origem a Instituição e 8,1% tem origem do exterior. Os principais países com publicação são Portugal, seguido pela Espanha, México e Reino Unido (Redalyc, 2018).

Em relação ao ano de 2018, a HOLOS teve acesso em 136 países, sendo os mais dez principais acessos  advindos de Brasil (93,23%), Portugal (1,15%), Moçambique (0,88%), Estados Unidos da América (0,65%), México (0,48%), Angola (0,46%), Espanha (0,30%), Colômbia (0,25%), Equador (0,24%) e Peru (0,23%). Constata-se que o periódico foi acessado em 125 países em 2017, com um crescimento de 8,8 %.

O tempo é de reafirmar caminhos da ciência e tecnologia, que compartilha conhecimentos, exalta a paz e a solidariedade entre os povos.

O momento é para agradecer autores e leitores, que com suas publicações e leituras valoram o periódico, bem como o trabalho dos avaliadores ad hoc e o conselho editorial pela manutenção da qualidade do que é publicado.

O verão na patagônia chilena é sempre frio e convidativo a reflexões quanto ao processo de publicar, mostrando que o tempo é de buscar qualidade, para ampliar citações e dar longevidade à ciência.

Na terra dos vulcões, o respeito ao convívio com a natureza e a solidariedade flertam e alertam que a terra tem limites e a ciência de paz é o caminho.

Esta editoria deseja um próspero ano novo, convidando-os para uma boa leitura!

 

Puerto Varas, 31 de dezembro de 2018.

 

 

Prof. José Yvan Pereira Leite

 

 

 

Referências

 

Leite, J. (2017). EDITORIAL. HOLOS, 8, 1-2. doi:https://doi.org/10.15628/holos.2017.6813

Google Analytics (2018). Relatório Interno de acesso da HOLOS.

Redalyc (2018). https://www.redalyc.org/revista.oa?id=4815&tipo=produccion&perfil=publicacion Acessado em 31/12/2018


Palavras-chave


Ciência; HOLOS; Divulgação científica; Tecnologia

Texto completo:

PDF

Referências


Leite, J. (2017). EDITORIAL. HOLOS, 8, 1-2. doi:https://doi.org/10.15628/holos.2017.6813

Google Analytics (2018). Relatório Interno de acesso da HOLOS.

Redalyc (2018). https://www.redalyc.org/revista.oa?id=4815&tipo




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2018.8147



 

HOLOS IN THE WORLD