PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE DONAS DE CASA SOBRE O USO DE PRODUTOS QUÍMICOS EM DOMICÍLIOS E ESTRATÉGIAS SUSTENTÁVEIS

Georgiana Amaral Nóbrega

Resumo


RESUMO
Devido ao elevado número de produtos químicos domiciliares que vem sendo consumidos e a escassez de informação sobre os riscos em sua utilização, o homem vem contribuindo consideravelmente para a degradação ambiental. O presente trabalho teve por objetivo analisar a percepção ambiental de donas de casa do bairro de Nova Descoberta na cidade de Natal/RN sobre o uso de produtos químicos domiciliares e disposição de tais produtos, bem como propor estratégias sustentáveis a partir da percepção dessas. A metodologia constituiu na utilização de um instrumento de entrevista, que objetivou analisar como as pessoas dessa investigação científica percebem as mudanças ocasionadas pela utilização e disposição incorreta dos produtos químicos domiciliares e o quanto isso pode afetar a sua qualidade de vida e o meio ambiente. Foi desenvolvido também um levantamento bibliográfico. Foram aplicados 10 instrumentos de entrevista, com donas de casa mantendo um critério conhecido como “saturação” já que os argumentos apresentados em sua grande maioria se repetiam, de forma que não acrescentaria muito ao conteúdo de investigação a persistência na realização de mais entrevistas. A análise dos dados ocorreu por meio de uma abordagem qualitativa e identificação dos principais problemas enfrentados devido à falta de planejamento ambiental domiciliar. A percepção ambiental das donas de casa é a de que utilizam produtos químicos e desconhecem seu uso e disposição corretos. Foi observada a precariedade de informações no bairro da comunidade sobre os malefícios que os produtos químicos domiciliares podem ocasionar e a necessidade da implantação de um planejamento ambiental domiciliar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2010.435



 

HOLOS IN THE WORLD