RAMP UP DA MAIOR INSTALAÇÃO DE MOINHOS VERTIMILL DO MUNDO

Douglas B. Mazzinghy, Henrique G.D. Turrer, José F.C. Russo, Claudio L. Schneider

Resumo


O circuito de remoagem do projeto Minas-Rio é atualmente o maior do mundo utilizando moinhos verticais. O circuito possui 16 Vertimill VTM-1500 da Metso e 8 baterias de ciclones. O início das operações ocorreu no final de 2014 e os moinhos têm se mostrado bem robustos para a aplicação selecionada. O minério processado é um itabirito que é concentrado através de flotação reversa. O circuito de remoagem tem como objetivo reduzir a granulometria do concentrado final para facilitar o transporte através de um mineroduto com mais de 525 km de extensão. O presente trabalho apresenta os dados obtidos através de amostragens do circuito industrial além de testes em escala de laboratório para estimativa de consumo energético. Estes resultados também são comparados com os testes em escala de laboratório e piloto executados para dimensionamento do circuito de remoagem.

Palavras-chave


Remoagem, Vertimill, Minas-Rio, Itabiríto, Consumo energético

Texto completo:

PDF

Referências


Merriam, K., Rotzinger, R., DeHart, I., Radziszewski, P., McDonnell, J., Assessing Vertimill Ultrafine Grinding Performance: The Gibraltar Mine Case, 47th Canadian Mineral Processors Conference, Ottawa, 2015.

Metso - Test Plant Report - Minas-Rio, Continuous VTM-3 Vertimill Test & Special Jar Mill Grindability Test, August, 2011.

Valadão, G.E.S., Araujo, A.C. Introdução ao Tratamento de Minérios, Belo Horizonte, Editora UFMG, pp. 17-25, 2007.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.3664



 

HOLOS IN THE WORLD