A INCLUSÃO DOS ESTUDANTES DO PROEJA: A PERCEPÇÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DO CAMPUS NATAL ZONA NORTE

F. C. Ventura, I. F. Cavalcante

Resumo


Neste artigo é apresentada a percepção de professores e alunos de uma turma do programa nacional de integração da educação profissional com a educação básica, na modalidade de educação de jovens e adultos (PROEJA), do técnico de nível médio integrado em manutenção de computadores. é, portanto, seu objeto, um estudo de caso realizado no instituto federal de educação, ciência e tecnologia (IFRN) - Campus Natal Zona Norte. Trata-se de um recorte da monografia intitulada Proeja como inclusão escolar: um estudo de caso sobre as necessidades especiais dos estudantes realizada como trabalho de conclusão do Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva a Distância do Instituto Federal de Mato Grosso. O conteúdo do artigo enfoca, especificamente, a percepção dos sujeitos da investigação, apresentando dados de uma pesquisa qualitativa que prioriza o ambiente natural como fonte direta dos dados; os dados coletados como sendo preponderantemente descritivos e uma preocupação maior com o processo e não com o produto. Para compor essa análise, elabora-se, a princípio, uma revisão sobre o processo de inclusão, seus conceitos e sua inserção na Rede Federal de Educação Tecnológica. A seguir, observa-se a legislação que contempla a inclusão para, finalmente, apresentar a percepção de professores e estudantes de uma turma do PROEJA no Campus Natal Zona Norte sobre sua experiência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2012.279



 

HOLOS IN THE WORLD