VÍDEOS E MÚSICAS UTILIZADOS COMO INSTRUMENTOS MOTIVADORES NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Sandra Regina de Moraes, Andressa Haiduk, Francielli Charavara, Luis Gustavo Saldanha Baziuk, Jessica Sloboda, Pricila Aparecida Maia, José Roberto Caetano da Rocha

Resumo


Neste trabalho são apresentados os resultados obtidos durante as atividades realizadas no processo de capacitação de professores de Química e Ciências do ensino básico de União da Vitória – PR. Dentre os objetivos dessas atividades estavam à aplicação, das mesmas, em salas de aulas do ensino fundamental II e médio, onde os professores-alunos eram regentes. Para que esses objetivos fossem efetivados foram utilizadas atividades metodológicas diversificadas para auxiliar na promoção do conhecimento de conceitos das disciplinas de Química no ensino médio e de Ciências no ensino fundamental II, tais como, vídeos, música e atividades lúdicas. Nessas atividades abordou-se os conteúdos de biologia celular para o ensino fundamental II e avaliou-se as formas e fontes energéticas em relação a biodiversidade. Durante a aplicação das atividades aos professores e posteriormente aos seus alunos se percebeu o forte interesse pelas atividades e a motivação pelos conteúdos discutidos. Fato que é nítido quando analisados os dados estatísticos extraídos dos questionários respondidos pelos professores e pela leitura dos relatórios produzidos pelos mesmos. Nesses resultados se percebe que mais de 90% dos professores-alunos consideraram as atividades com pontuação acima de oito, ou seja, consideraram as atividades acima de boas e, portanto quase ótimas.

Palavras-chave


vídeo; música; ensino-aprendizagem; metodologias diversificadas.

Texto completo:

PDF

Referências


BEHAR, P. A, TORREZZAN, C. A. W. Metas do Design Pedagógico: Um Olhar na Construção de Materiais Educacionais Digitais. Revista Brasileira de Informática na Educação. v. 17, n. 3, p. 11-24, 2009.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio): Parte II - Códigos, Linguagens e suas Tecnologias. Brasília: 2000, p. 12.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Part IV: methods of collecting and analyzing empirical materials (introduction). In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Eds.). The handbook of qualitative research. 2. ed. London: Sage, 2000, p. 632-643.

FALKEMBACH, G. A. M. Concepção e Desenvolvimento de Material Educativo Digital. Novas Tecnologias na Educação, v. 3, n.1, p. 1-15, 2005.

FONTANA, A.; FREY, J. H. The interview: from structured questions to negotiated text. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Eds.). The handbook of qualitative research. 2. ed. London: Sage, 2000. p. 645-672.

GUIMARÃES, S. E. R; BORUCHOVITCH, E. O Estilo Motivacional do Professor e a Motivação Intrínseca dos Estudantes: Uma Perspectiva da Teoria da Autodeterminação. Psicologia: Reflexão e Crítica. v. 17, n. 2, p. 143-150, 2004.

HUMMES, J. M., Por que é importante o ensino da música? Considerações Sobre as Funções da Música na Sociedade e na Escola. Revista da abem. 11, 17-25, 2004.

https://www.youtube.com/watch?v=Du2jnMi5MY4, acesso 21/03/2010a

http://www.youtube.com/watch?v=UqcoH9UCFMU, acesso 21/03/2010b.

MIZUKAMI, M. G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU,1986.

MORAES, S. R.; ROCHA, J. R. C. Atividade Motivadora para o Aprendizado de Conceitos de Oxidação e Redução. Holos. v. 28, n. 4, p. 250-258, 2012.

MORAES, S. R.; DINNIZ, A. C. Z.; GONÇALVES, I. M. S.; KASCHUK, J. J.; CRUZ, L. C.; ROCHA, J. R. C.; O Processo de Diluição de uma Solução como Metodologia Didática. Periódico Tchê Química, v. 9, n. 18, p. 57-64, 2012.

MORAES, S. R.; WISNIEWSKI, G.; ROCHA, J. R. C., Ciência na Praça: A Faculdade Interagindo com a Comunidade. Holos. v. 30, n. 4, p. 463-472, 2014.

MORAN, J. M., MASETTO, M., BEHRENS, M. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. São Paulo, Papirus Editora, 2000.

MORAN, J. M. O Vídeo na Sala de Aula. Comunicação & Educação. v. 2, p. 27-35,1995.

ROCHA, J. R. C.; CAVICCHIOLI, A. Uma Abordagem Alternativa para o Aprendizado dos Conceitos de Átomos, Molécula, Elemento Químico, Substância Simples e Substância Composta, nos Ensino Fundamental e Médio. Química Nova na Escola, v. 21, n. 1, p. 29-33, 2005.

SANTOS, L. M. A., TAUROCO, L. M. R. A Importância do Estudo da Teoria da Carga Cognitiva em uma Educação Tecnológica. Novas Tecnologias na Educação. v. 5, n. 1, p. 1-11, 2007.

SOUZA, J. (org). O que faz a música na escola? Concepções e vivências de professores do ensino fundamental. Porto Alegre: Núcleo de Estudos avançados do Programa de Pós-graduação em música – Mestrado e Doutorado da UFRGS, 2002. (Série Estudos, v.6).

UGIONI, M. M. O., (Monografia de Especialização) Investigação do Emprego da Mídia Informática sob a Luz de Vygostky como Elemento Motivador da Aprendizagem. Programa de Formação Continuada. Universidade Federal do Rio Grande, Florianópolis, 2009.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.2497



 

HOLOS IN THE WORLD