PERCEPÇÃO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL, GESTÃO E DESTINAÇÃO FINAL DOS RCD – RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM PARNAMIRIM/RN/BRASIL

Carlos Henrique Catunda Pinto, Alcimar Laurentino dos Santos, Ana Clea Marinho Miranda Catunda

Resumo


Sabe-se que a indústria da construção civil produz impactos negativos ao meio ambiente em toda sua cadeia produtiva, sendo que, um dos maiores poluidores desta indústria são os RCD – Resíduos da Construção e Demolição. O presente trabalho tem por finalidade principal analisar a percepção que os construtores associados ao SINDUSCON/RN, atuantes no município de Parnamirim/RN, tem à respeito da legislação ambiental específica vigente, bem como, o modelo de gestão adotado e a destinação final de tais resíduos. Este trabalho é um Estudo de Caso, cuja metodologia de pesquisa adotada é do tipo descritiva, de natureza aplicada e de abordagem quantitativa. Quatorze empresas aceitaram participar da pesquisa, que foi realizada através da aplicação de um questionário com perguntas fechadas e abertas a cada um dos gerentes das quatorze empresas no período de fevereiro a março de 2009. A pesquisa demonstra que uma parte considerável das empresas tem preocupação em atender às exigências da Legislação Ambiental vigente específica. No que se refere à questão da gestão ambiental, faz-se necessário que o Poder Público, conjuntamente com as organizações especializadas, possa oferecer programas específicos na área de gestão ambiental. 


Palavras-chave


Resíduos da Construção e Demolição, Gestão Ambiental, Impactos Ambientais, Destinação Final de Resíduos.

Texto completo:

PDF

Referências


ADALGIZA, Ana. Quadro de Acompanhamento de Lançamentos Imobiliários. [mensagem pessoal] Mensagem recebida por: . em: 24 mar. 2009.

AGOPYAN, V.F.; JOHN, V.M. Reciclagem de Resíduos da Construção. Artigo. Escola Politécnica da USP, Departamento de Construção Civil, São Paulo, 2000.

BRITO FILHO, J.A. Cidade Versus Entulho. In: Seminário de Desenvolvimento Sustentável e a Reciclagem na Construção Civil, 2., São Paulo, 1999. Anais. São Paulo, Comitê Técnico CT206 Meio Ambiente (IBRACON), 1999. p. 56-67.

COOPHAB – COOPERATIVA HABITACIONAL DOS SERVIDORES E TRABALHADORES SINDICALIZADOS DO RIO GRANDE DO NORTE. Disponível em http://www.coophab.com.br. Acesso em 22.01.13.

CONAMA – CONSELHO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE. Resolução no. 307, de 05 de julho de 2002. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res02/res30702.htm. Acesso em 27.04.09.

COSTA, L.F. Estratégia Ambiental na Indústria da Construção Civil: Um Estudo sobre Fatores Direcionadores de Percepção Ambiental de Construtores de Imóveis. 2005. Dissertação (Mestrado), Engenharia de Produção, UFRN, Natal, 73 p.

COSTA, N.A.A. A Reciclagem do RCD: Uma Aplicação da Análise Multivariada. 2003. Tese (Doutorado), Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, UFSC, 188 p.

DEGANI, C.M. Sistemas de Gestão Ambiental em Empresas Construtoras de Edifícios. 2003. 223 f. Dissertação (Mestrado). Escola Politécnica da USP, Departamento de Construção Civil, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

FILHO, A.F.S. Gestão dos Resíduos Sólidos das Construções Prediais na Cidade do Natal-RN. 2005. Dissertação (Mestrado), Programa de Engenharia de Produção, UFRN, 118p.

GIL, António Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5 ed. São Paulo: Atlas, 1999.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Disponível em http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm. Acesso em 20.08.08.

JOHN, V.M.J. Reciclagem de resíduos na construção civil: contribuição à metodologia de pesquisa e desenvolvimento. Tese (livre docência). Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

MONTEIRO, J.H.P. et al. Manual de Gerenciamento Integrado de resíduos Sólidos. Rio de Janeiro: IBAM, 2001.

PINTO, T. P. Gestão dos resíduos de construção e demolição em áreas urbanas – da ineficácia a um modelo de gestão sustentável. In: Reciclagem de Entulho para a produção. Salvador: Editora da UFBA, 2001.

PINTO, T. P. Metodologia para a gestão diferenciada de resíduos sólidos da construção urbana. Tese (doutorado) - Escola Politécnica, USP, São Paulo, 1999.

PINTO, T. P. Perda de Materiais em Processos Construtivos Tradicionais. Departamento de Engenharia Civil da UFSCAR (texto datilografado), 1989, 33 p.

PINTO, T.P. A Nova Legislação para Resíduos Sólidos da Construção. Revista TECNE, edição 82, PINI, São Paulo, jan. 2004, p. 62-63.

SCHNEIDER, D.M. Deposições Irregulares de Resíduos da Construção Civil na Cidade de São Paulo, 2003, Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, Universidade de São Paulo, 131 p.

SINDUSCON-SP. Apresentações dos palestrantes no seminário “Gestão dos resíduos da construção: a legislação na cidade de São Paulo”. 03 de maio de 2005: São Paulo, 2005.

SOUZA et al. Desperdício de Materiais nos Canteiros de Obras: a Quebra do Mito. In: Simpósio Nacional: Desperdício de Materiais nos Canteiros de Obras: A Quebra do Mito. São Paulo, 1999. Anais. São Paulo (PCC/EPUSP), 1999. 48 p.

TAVARES, L. P. M.. Levantamento e análise da deposição e destinação dos resíduos da construção civil em Ituiutaba, MG. 2007. 160 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, Faculdade de Engenharia Civil, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.

VERGARA, S.C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas, 1998.

ZORDAN, S.E. A Utilização do Entulho como Agregado na Confecção do Concreto. Dissertação (Mestrado), Faculdade de Engenharia Civil, UNICAMP, Campinas. 140 p., 1997.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.1528



 

HOLOS IN THE WORLD